Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
ELEIÇÕES 2018
PARA ONDE FIRMINO LEVARÁ O PSDB?

PARTIDO INICIA O ANO EM MEIO À INCERTEZAS E COM RESSENTIMENTOS DE DECISÕES DO PREFEITO TUCANO

01/01/2018 10:41

O PSDB vive a expectativa com relação ao rumo que o prefeito de Teresina, Firmino Filho, irá seguir no ano que inicia. Ele é a principal liderança da sigla no Piauí, mas é cada vez mais visível o distanciamento dele da postura de oposição, esperada de um tucano, com relação ao governo do petista Wellington Dias.

Caminho do prefeito tucano ainda é incerto em 2018 (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

A tendência natural do PSDB é ser oposição na eleição deste ano, mas não é segredo para ninguém, que algumas lideranças da sigla iniciam o ano ressentidas com o prefeito de Teresina. A aproximação de Firmino com Wellington Dias (PT) e com o presidente nacional dos Progressistas, senador Ciro Nogueira, torna incerto o caminho dele e, consequentemente, da legenda.

Firmino está bem distante da postura de oposição, pelo contrário, ele se mostra cada vez mais com cara de governista. Prova disso foi a filiação da primeira-dama de Teresina, Lucy Silveira, ao Progressista. Ela deve ser candidata a deputada estadual pela sigla de Ciro. E para piorar a situação ainda pode prejudicar a reeleição de um dos três deputados do PSDB.

No partido, há quem acredito que o atual presidente, deputado Firmino Paulo, será o prejudicado. Em 2014, ele foi eleito com o apoio de Firmino e de Lucy. Sem esses dois cabos eleitorais, já que ela será candidata, a reeleição dele é incerta. O PSDB seria prejudicado com a perda de um parlamentar. Como forma de compensar o prejuízo, Firmino Paulo teria recebido a presidência da sigla.

Lucy era vista como um nome que poderia retirar o partido do “jejum” da falta de deputados federais. A decisão de Firmino de apoiar a esposa no partido de Ciro foi visto como um grande golpes nas intenções do partido.

Outra atitude do prefeito que desagrada o ninho tucano é o fato dele ainda não ter dado um “não” contundente, como resposta a possibilidade de ir para o Progressista. Pelo contrário, Firmino chegou a dizer que “tenho medo que o Ciro me convença. Quando ele quer alguma coisa não desiste até conseguir”.

Fora do PSDB há quem ainda aposte no nome de Firmino como candidato a governador do Estado, mas no partido essa possibilidade é vista como bem pequena. A incerteza com relação ao futuro do prefeito e o enfraquecimento da legenda mostram que na eleição de 2018, o PSDB deve mesmo é buscar segurar o pouco espaço que ainda possui.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
FÉRIAS
PROFESSORES PROTESTAM CONTRA ATRASOS
PROFESSORES PROTESTAM CONTRA ATRASOS
FISCALIZAÇÃO
PREFEITO QUE GASTAR COM CARNAVAL PODE TER CONTAS REPROVADAS
PREFEITO QUE GASTAR COM CARNAVAL PODE TER CONTAS REPROVADAS
ELEIÇÕES 2018
PSL BUSCA DIÁLOGO COM O PSC  SOBRE CANDIDATURA AO KARNAK
PSL BUSCA DIÁLOGO COM O PSC SOBRE CANDIDATURA AO KARNAK
PICOS
GIL PARAIBANO PASSA MAL E É TRAZIDO A TERESINA
GIL PARAIBANO PASSA MAL E É TRAZIDO A TERESINA