Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
SENADO
O QUE ELES ESTÃO FAZENDO?

RANKING AVALIA A PRESENÇA DOS SENADORES DO PIAUÍ NO SENADO E APONTA CIRO NOGUEIRA COMO O MAIS FALTOSO

29/12/2017 08:42

O site Congresso em Foco divulgou o tradicional ranking da presença dos senadores do Brasil nas sessões do Senado Federal. No caso do Piauí, o senador Ciro Nogueira (PP) foi o campeão de faltas. Ele não compareceu a 13,8% das sessões deliberativas ordinárias, que são de presença obrigatória para os parlamentares. Isso significa que o progressista faltou a cerca de uma a cada sete sessões este ano.

O resultado de Elmano Ferrer (PMDB) e Regina Sousa (PT) foi melhor. Pelo levantamento, os dois faltaram a 4,6% das sessões. Foram quatro sessões ausentes e uma foi justificada por cada um.

Senadores do Piauí têm perfis diferentes de trabalho (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

A presença do parlamentar nas sessões é extremamente importante, mas o um fator chama atenção: por que o senador ausente é considerado o mais atuante do Piauí? Se questiona também, por que Elmano Ferrer, tão assíduo, é apontado como um parlamentar de mandato ínfimo? O que vale mais, a presença ou as ações?

Ciro Nogueira responde que conta mais os recursos trazidos para o Piauí. Ele afirma que tem sido um dos senadores que mais tem trabalhado pela liberação de verbas para o estado e municípios.

“Estamos trabalhando pelo Piauí. Os números mostram isso. Contribuímos para a vinda de vários recursos ao Estado. Estamos presentes nos municípios, conversando com prefeitos, recebemos e ouvimos os prefeitos. Levamos ministros para o Piauí. É isso que importa”, declarou.

Elmano Ferrer se defende das acusações de ser um senador com um mandato acanhado. Ele diz ter o estilo “mineirinho” de ser e que trabalha sem fazer estardalhaço, ou seja, não procura mídia das ações no Senado. Para muitos, isso é sinal de que ele deve encerrar a vida pública no final do atual mandato de oito anos.

 “Eu trabalho em silêncio. Não faço estardalhaço. Fazemos um trabalho belíssimo pela revitalização das bacias dos rios do Piauí. Isso não traz resultados imediatos, mas daqui a 50 anos veremos a importância. Também luto pela melhoria da segurança pública, dos presídios, do sistema carcerário desse país, que é um caos”, declarou.

A senadora Regina Sousa (PT) afirma que faz um trabalho voltado para a representação das minorias no Senado Federal. Ela destaca a atuação na Comissão de Direitos Humanos e a luta contra a aprovação das reformas do governo de Michel Temer (PMDB), como a previdenciária.

“Buscamos representar as minorias que nunca tiveram voz na política feita neste país, são os excluídos. Percorremos os mais distantes municípios do Piauí para discutir temas como a reforma da Previdência e a Trabalhista. Coisa que o governo não fez. O trabalhador foi excluído dessa discussão. Temos orgulho do trabalho que fazemos em prol dos mais pobres, dos excluídos”, afirmou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
VIAGEM
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
ELEIÇÕES 2018
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
DISPUTA
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ