Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
FILIAÇÕES
MARGARETE RESPONDE CRÍTICAS A CIRO NOGUEIRA

VICE-GOVERNADORA REAGIU ÀS CRÍTICAS DE QUE O PRESIDENTE DOS PROGRESSISTAS ESTARIA UTILIZANDO VERBA FEDERAL PARA CONQUISTAR PREFEITOS NO PIAUÍ

04/01/2018 12:33

O ministro das Cidades,  Alexandre Baldy (PP), desembarca no Piauí nesta quinta-feira (04) para anunciar a liberação de recursos aos municípios do estado. O evento é organizado pelo presidente nacional dos Progressistas, senador Ciro Nogueira, e tem recebido críticas. A vinda do ministro acirra o discurso da oposição de que Ciro estaria usando verba federal para “comprar” o apoio de prefeitos no Piauí.  

A vice-governadora Margarete Coelho (PP) falou sobre o assunto. Ela afirma que as críticas da oposição são naturais, mas diz esperar um outro tipo de discurso da oposição em prol do desenvolvimento do Piauí. Para ela, o papel da bancada piauiense é trazer recursos para o estado e deveria se unir para isto.

Margarete Coelho afirma que Ciro se destaca como parlamentar (Foto:JailsonSoars/PoliticaDinamica.com)

“Eu vejo com naturalidade e acho que há um modelo de oposição que utiliza esse tipo de discurso. Não acho que seja o melhor discurso, entretanto, respeito. Eu vejo que historicamente o senador Ciro Nogueira, tanto como senador quanto como deputado federal, foi um dos parlamentares mais atuante e que consegue atrair investimentos para o estado. Ele apenas mantém esse histórico de ser um grande alavancador de recursos para o estado do Piauí. Entendo esse discurso da oposição, mas acho que não é o mais adequado. O discurso político é o da convergência, de sentar e lutar em favor do Piauí. Esse é o papel da bancada, seja ele de que lado esteja”, declarou.

Durante a visita do ministro que é filiado aos Progressistas, o partido irá realizar a filiação de novos prefeitos, passando a contar com 70 gestores municipais. A meta de Ciro é chegar na eleição de outubro com 80 prefeitos no PP. As metas do progressista geram comentário contrários como do deputado Heráclito Fortes (PSB). Aliado do presidente Michel Temer (PMDB), ele acusa Ciro de nem mesmo citar o nome do presidente nos eventos que tem realizado para anunciar liberação de verbas federais. 

Sobre a relação dos Progressistas com o governador Wellington Dias, Margarete afirma que se depender do cenário atual, a parceria será mantida no pleito de outubro. Ele diz que o momento é de tranquilidade.

“Falo do cenário atual. É um cenário de extrema tranquilidade na coligação entre o senador Ciro, entre o PP, e o governador Wellington Dias. Na verdade entre o PT e o PP. Trabalhamos nesse cenário desde a eleição de 2014, que se manteve durante todo o mandato. O que se espera é que ele se reproduza também para as próximas eleições. Foi uma conjugação de esforços que tem dado certo a favor do Piauí”, disse.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
VIAGEM
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
ELEIÇÕES 2018
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
DISPUTA
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ