Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
Lava Jato
“NADA DESESTABILIZA O PP”, DIZ JÚLIO SOBRE DELAÇÃO DA JBS

CIRO NOGUEIRA É MAIS UMA VEZ DENUNCIADO NA LAVA JATA E PRESIDENTE DO PP NO PIAUÍ DESAFIA DELATOR A PROVAR DENÚNCIAS

24/05/2017 12:58

Júlio Arcoverde afirma que denuncias não irão desestabilizar o PP (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

O presidente estadual do PP, deputado Júlio Arcoverde, aparece na lista dos políticos piauienses que receberam dinheiro da JBS em 2014. Ele nega qualquer irregularidade e diz que o dinheiro foi passado de forma limpa ao PP nacional, como doação de campanha.

“Não conheço e não tive contato com ninguém da JBS. Em 2014 ainda era permitido a doação de campanha por empresa e a JBS repassou o dinheiro ao PP e a direção nacional repassou para as estaduais. Isso ocorreu com todos os partidos. Como candidato a deputado estadual recebi essa doação. Dinheiro legal repassado não pela JBS, mas pelo diretório nacional do PP”, disse.

Sobre as constantes citações do nome do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, em delações, Júlio diz que “nada desestabiliza o PP”. “O delator é criminoso. A impressa que exalta a figura do delator. Mas ele tem que provar o que diz. O dinheiro foi doação oficial ao PP. O senador Ciro nunca negou que recebeu esse dinheiro. Nada desestabiliza o PP. O partido está tranquilo. Ele tem que provar as denúncias”, afirma. 

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
“TRÊS ALBERTÕES DE VOTOS PARA REJANE DIAS”, PEDE DANIEL OLIVEIRA
“TRÊS ALBERTÕES DE VOTOS PARA REJANE DIAS”, PEDE DANIEL OLIVEIRA
REELEIÇÃO
DE OLHO EM 2018, WELLINGTON E REJANE DIAS REÚNEM PREFEITOS
DE OLHO EM 2018, WELLINGTON E REJANE DIAS REÚNEM PREFEITOS
DISPUTA
LÍDER REAGE E CRITICA OPOSIÇÃO A WELLINGTON DIAS
LÍDER REAGE E CRITICA OPOSIÇÃO A WELLINGTON DIAS
DISPUTA
“VOU PEDIR A DISSOLUÇÃO DA CÂMARA DE TERESINA”, DIZ DUDU
“VOU PEDIR A DISSOLUÇÃO DA CÂMARA DE TERESINA”, DIZ DUDU