Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
PROPORCIONAL
“CHAPINHA” ENFRENTA RESISTÊNCIA DOS GRANDES PARTIDOS

PARTIDOS DE MAIOR ESTRUTURA TENTAM “SEDUZIR” LEGENDAS MENORES QUE BUSCAM UNIÃO PARA SE MANTER VIVAS EM 2018

22/12/2017 10:35 - Atualizado em 22/12/2017 12:03

Os partidos pequenos que fazem parte do grupo de aliados do governador Wellington Dias (PT) devem se dividir em dois blocos menores. O deputado Evaldo Gomes, presidente do PTC no Piauí, lidera a formação de uma “chapinha” que contará com partidos como PR, PCdoB e Podemos.

"Chapinha" sofre pressão de partidos maiores (Foto:JailsonSoars/PoliticaDinamcia.com)

Evaldo tem encontrado trabalho para manter o grupo unido. Na disputa por cadeiras na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, partidos maiores tem pressionado para desfazer a chapinha.  Eles querem que as legendas pequenas participem do chapão que será formado por siglas como PT, PMDB e PP.

O presidente do PT no Piauí, deputado Assis Carvalho, chegou a declarar que deseja que todos da base saiam unidos em um único chapão proporcional. A ideia revoltou os líderes do partidos menores. O deputado Silas Freire (Podemos) chegou a afirmar que “O Assis manda no PT. No Podemos mandamos nós”, mostrando insatisfação com a ideia.

A saída do PR do grupo chegou a ser anunciada, mas Evaldo Gomes afirma que a chapinha será mantida. Ele garante que já conversou com o presidente da sigla no estado, deputado Fábio Xavier, e os problemas teriam sido superados. “Há pressão dos grandes partidos, mas estamos unidos”, disse.

Evaldo aposta que este grupo deve eleger três estaduais e dois federais. Nomes como Osmar Júnior (PCdoB), Silas Freire (Podemos) e Fábio Abreu (que deve se filiar ao PR) disputarão vagas na Câmara Federal pela chapinha. Pelo PTC, Evaldo Gomes vai indicar o ex-prefeito de Novo Oriente, Marcus Vinícius.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ALIANÇAS
PEN BUSCA SE REESTRUTURAR APÓS SAÍDA DE GRUPO DE BOLSONARO
PEN BUSCA SE REESTRUTURAR APÓS SAÍDA DE GRUPO DE BOLSONARO
DISPUTA
“ZIZA NÃO TEM CACIFE PARA FALAR EM NOME DO GOVERNADOR”, DIZ EVALDO
“ZIZA NÃO TEM CACIFE PARA FALAR EM NOME DO GOVERNADOR”, DIZ EVALDO
FÉRIAS
PROFESSORES PROTESTAM CONTRA ATRASOS
PROFESSORES PROTESTAM CONTRA ATRASOS
FISCALIZAÇÃO
PREFEITO QUE GASTAR COM CARNAVAL PODE TER CONTAS REPROVADAS
PREFEITO QUE GASTAR COM CARNAVAL PODE TER CONTAS REPROVADAS