Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
TCE e PF reforçam parceria no combate à corrupção no estado do Piauí

ENTIDADES BUSCAM INTEGRAÇÕES COM OUTRAS FORÇAS DE SEGURANÇA PARA MELHORAR ATUAÇÃO NO ESTADO

09/09/2019 09:51 - Atualizado em 09/09/2019 10:12

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE/PI) e a Superintendência da Polícia Federal do Piauí vão ampliar a parceria para a realização de operações, troca de informações e realização de cursos de capacitação mútuos.

O tema foi discutido durante reunião entre o presidente do Tribunal, conselheiro Abelardo Pio Vilanova, a superintendente da Polícia Federal no Piauí, delegada Mariana Paranhos Calderon, o delegado regional de Combate ao Crime Organizado da PF, Albert Paulo Sérvio de Moura e o auditor José Inaldo de Oliveira, da Unidade de Informação, Estratégia e Combate à Corrupção do TCE.

A delegada Mariana Paranhos Calderon foi empossada em junho deste ano no cargo de Superintendente da Polícia Federal no Piauí. Ela disse que a PF está buscando a integração com outras forças de segurança e de fiscalização para combater, de forma eficiente, o crime organizado e a corrupção.

O presidente do TCE/PI, conselheiro Abelardo Vilanova, destacou que TCE está de portas abertas para ampliar a relação entre os dois órgãos. “O Tribunal sempre teve uma relação muito próxima com a Polícia Federal. É uma parceria muito importante no combate à corrupção”, pontuou.


FONTE: Com informações da Assessoria

Notícias relacionadas
Especialistas vão debater sobre a coordenação da saúde pública no Brasil
Especialistas vão debater sobre a coordenação da saúde pública no Brasil
OAB e Abraji lançam cartilha para garantir segurança de jornalistas
OAB e Abraji lançam cartilha para garantir segurança de jornalistas
MPT e COREN vão fiscalizar condições de trabalho nos hospitais do Piauí
MPT e COREN vão fiscalizar condições de trabalho nos hospitais do Piauí
Impulsionar conteúdo pode configurar propaganda eleitoral ilícita, alerta MP
Impulsionar conteúdo pode configurar propaganda eleitoral ilícita, alerta MP