Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
Réu é condenado a 24 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado

CONDENAÇÃO VEIO APÓS ATUAÇÃO DO GRUPO DE APOIO AOS PROMOTORES DE JUSTIÇA NO TRIBUNAL DO JÚRI (GAEJ) DO MP-PI

13/09/2019 11:26

O Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça com Atuação no Tribunal do Júri (GAEJ), representado pelo Promotor de Justiça João Malato Neto, obteve a condenação do réu José Elesandro Ferreira da Silva. Ele responderá em regime fechado pelo crime de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e feminicídio, com uma pena de 24 anos de reclusão.

O crime aconteceu em junho de 2018 em São Raimundo Nonato. José Elesandro participou do assassinato de Lucimara Gomes Ferreira Costa, sua ex-companheira, desferindo-lhe oito golpes de faca. O acusado foi motivado exclusivamente por vingança, uma vez que a vítima não aceitou uma reconciliação. A vítima foi assassinada na presença de sua mãe e seus três filhos, dos quais José Elesandro é pai.

Foi-lhe negado o direito de recorrer em liberdade, tendo o sentenciado sido preso imediatamente e conduzido à penitenciária de Vereda Grande, situada na cidade de Floriano/PI, para início do cumprimento de sua pena. Além disso, José Elesandro deverá reparar danos, em favor dos herdeiros da vítima, no montante de R$ 50 mil.


FONTE: Com informações da Assessoria

Notícias relacionadas
Advogado fala sobre papel do advogado criminal e advocacia 4.0
Advogado fala sobre papel do advogado criminal e advocacia 4.0
Desembargador determina funcionamento de clínicas sem restrição de horários
Desembargador determina funcionamento de clínicas sem restrição de horários
Especialistas vão debater sobre a coordenação da saúde pública no Brasil
Especialistas vão debater sobre a coordenação da saúde pública no Brasil
OAB e Abraji lançam cartilha para garantir segurança de jornalistas
OAB e Abraji lançam cartilha para garantir segurança de jornalistas