Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
Procon autua três empresas por aumento de preço de máscaras e álcool em gel

CASO NÃO JUSTIFIQUEM PORQUE AUMENTARAM OS PREÇOS DE FORMA EXORBITANTE, ESTABELECIMENTOS PODEM SER MULTADOS

15/04/2020 15:15

Uma equipe do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou fiscalização em três estabelecimentos no centro e na zona sul de Teresina, que comercializam produtos de saúde, como álcool em gel e Equipamentos de Proteção Individual. Os agentes do órgão de defesa dos direitos do consumidor receberam denúncia de que os estabelecimentos estariam vendendo produtos com preços elevados.

Os fiscais encontraram máscaras sendo vendidas por R$10,00 a unidade e o álcool em gel de 300 ml e 1 litro, comercializados a R$ 24,00 e R$ 65,00. Os três estabelecimentos foram autuados. Os proprietários tem até 48h para explicar ao Procon, os motivos para a elevação de preço. Após esse prazo, o Procon pode aplicar multa que pode chegar até a 10 milhões de reais.

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor disponibiliza quatro telefones, por meio dos quais, os consumidores apresentem denúncias, esclareçam dúvidas e solicitem informações. São eles: (86) 98162-8247, (86) 98190-7983, (86) 98195-5177 e (86) 98122-4746.


FONTE: Com informações da Assessoria

Notícias relacionadas
Justiça determina abastecimento da Farmácia do Povo com insulina
Justiça determina abastecimento da Farmácia do Povo com insulina
TJ-PI suspende validade dos concursos para magistrados e servidores
TJ-PI suspende validade dos concursos para magistrados e servidores
TSE pode propor adiar eleições para novembro, mas sem prorrogar mandatos
TSE pode propor adiar eleições para novembro, mas sem prorrogar mandatos
Advogado fala sobre papel do advogado criminal e advocacia 4.0
Advogado fala sobre papel do advogado criminal e advocacia 4.0