Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
Presidente de Honra da Ajuspi destaca ações para regularizar terras no Piauí

ADVOGADO ALANO DOURADO ESTEVE EM REUNIÃO EM BRASÍLIA COM REPRESENTANTE DO GOVERNO FEDERAL E ESTADUAL

01/12/2019 12:03 - Atualizado em 01/12/2019 12:20

O presidente de Honra da Ajuspi, Alano Dourado, participou na sede do Incra nacional, em Brasília, de reunião com Secretário Nacional de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, e com o Superintendente Regional do Incra no Piauí, Tiago Vasconcelos.

Para Alano Dourado, a reunião foi bastante produtiva, destacando ele que “é louvável o engajamento do Secretário Nabhan Garcia em promover a regularização fundiária do Brasil. A proximidade e confiança dele com o Presidente Bolsonaro será importante para o sucesso das ações, que interessa a todos. Basta ver que o TCU calculou, somente o custo de oportunidade gerado pela Reforma Agrária, em 159 bilhões de reais”.

Durante os trabalhos desenvolvidos pelo Superintendente Tiago Vasconcelos, em Brasília, foram realizados esforços em favor dos assentamentos existentes no Piauí. Segundo Tiago “estamos voltando desta viagem com mais 62 títulos definitivos do assentamento Santa Teresa 01, localizado no município de Uruçuí e brigando pra conseguir recursos de infraestrutura para melhorar o abastecimento de água e estradas vicinais dos assentamentos. Além disso, solicitamos créditos ambientais para projetos dos assentados, conseguimos recursos para reforma da Sede e buscamos entendimentos para construção de unidades habitacionais no piauí”.

Notícias relacionadas
Telejornal 'Band Cidade Piauí' comemora dois anos no ar
Em e-book, OAB-PI elenca ações realizadas no enfrentamento à COVID-19
Em e-book, OAB-PI elenca ações realizadas no enfrentamento à COVID-19
Reclamações sobre compras na internet aumentam quase 100% no Piauí
Reclamações sobre compras na internet aumentam quase 100% no Piauí
Advogado fala sobre violência contra a mulher e assédio sexual em escolas
Advogado fala sobre violência contra a mulher e assédio sexual em escolas