Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
MP-PI consegue condenação de réu a 23 anos de reclusão

HOMEM ERA ACUSADO DO CRIME DE HOMICÍDIO QUALIFICADO E TENTATIVA DE FEMINICÍDIO NO MUNICÍPIO DE PARNAÍBA

30/08/2019 12:04

O Ministério Público do Piauí, por meio do promotor de Justiça Antenor Filgueiras Lôbo Neto, que responde pela 5ª Promotoria de Justiça de Parnaíba, durante julgamento realizado no Tribunal do Júri, no último dia 22 de agosto, obteve a condenação do réu Jairon dos Santos Reis, com base nas penas do artigo 121, § 2º, incisos II e IV, do Código Penal (homicídio qualificado pelo motivo fútil e mediante recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa do ofendido) bem como, nas penas do artigo 121, § 2º, VI e § 2ª-A, inciso II, c/c artigo 14, inciso II (feminicídio tentado).

No total, o réu foi sentenciado a pena de 23 anos de reclusão, em regime fechado, como inicial para cumprimento da pena. O julgamento ocorreu em no Fórum Salmon Lustosa.

No dia 30 do mês de setembro de 2016, por volta de 23hs, na Pedra do Sal, localizada no bairro Ilha Grande, em Parnaíba, o acusado Jairon dos Santos Reis, efetuou três disparos de arma de fogo, dois que mataram Luís Filipe Soares Souza, e um disparo que atingiu Manuela Ribeiro de Carvalho, causando-lhe lesões. O crime aconteceu devido aos ciúmes que o réu tinha de sua ex-companheira.


FONTE: Com informações da Assessoria

Notícias relacionadas
Advogado fala sobre papel do advogado criminal e advocacia 4.0
Advogado fala sobre papel do advogado criminal e advocacia 4.0
Desembargador determina funcionamento de clínicas sem restrição de horários
Desembargador determina funcionamento de clínicas sem restrição de horários
Especialistas vão debater sobre a coordenação da saúde pública no Brasil
Especialistas vão debater sobre a coordenação da saúde pública no Brasil
OAB e Abraji lançam cartilha para garantir segurança de jornalistas
OAB e Abraji lançam cartilha para garantir segurança de jornalistas