Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
Bolsonaro não quer que ato do dia 26 seja contra o STF e o Congresso

ATO TEM SIDO ENTENDIDO COMO UM ERRO ESTRATÉGICO DO GOVERNO FEDERAL E PODERÁ MARCAR O PRESIDENTE

21/05/2019 10:47

O presidente Jair Bolsonaro tem dito a interlocutores que jamais apoiará ações fora do jogo democrático, algo que tem sido pregado por alas mais radicais de seus apoiadores, que citam o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro tem, inclusive, procurado evitar os “doidinhos” que chegam com essas ideias antidemocráticas. Não por acaso, seus mais fiéis escudeiros têm se referido ao ato do dia 26 como algo que vem em defesa da reforma da Previdência e da medida provisória 870, a da reforma administrativa.

O problema é que, no início, falou -se num ato de protesto, pelo impeachment de ministros do STF e contra o Parlamento. É o governo procurando modular o discurso e o ato, para ver se não perde apoiadores. Afinal, não dá para ficar apenas com os “doidinhos”.

A manifestação marcada para o próximo domingo foi considerada um erro estratégico do governo. Se estiver lotada e prevalecer o mote contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal, o presidente se fortalece, mas ficará marcado como quem insuflou a população contra os outros dois Poderes constituídos.

Na hipótese de a população como um todo não atender ao chamado, a leitura será de fraqueza. Não por acaso, muitos aconselharam o presidente a não se misturar muito com o evento. Afinal, governo que é forte não precisa convocar ato de apoio.


FONTE: Com informações da Agência Brasil

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
Coronavírus: Juiz determina atendimento a moradores de rua em THE
Coronavírus: Juiz determina atendimento a moradores de rua em THE
Ex-ministro do TSE é contra adiamento das eleições de outubro para 2022
Ex-ministro do TSE é contra adiamento das eleições de outubro para 2022
MPT-PI recomenda que clientes fiquem separados a cada 5m² em Teresina
MPT-PI recomenda que clientes fiquem separados a cada 5m² em Teresina
Justiça fecha abrigo em situação irregular no PI e impõe multa por descumprimento da decisão