Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
SINAL VERMELHO: Piauí lança oficialmente campanha contra violência doméstica

Estado é o primeiro da região Nordeste a lançar a campanha, idealizada pelo Conselho Nacional de Justiça

26/07/2020 10:28

Foi realizado o lançamento oficial da campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica no Piauí. A Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi), que tem dado irrestrito apoio à iniciativa, foi representada pela juíza Keylla Ranyere Procópio. O lançamento foi transmitido ao vivo pelo canal no youtube da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados.

Na ocasião, a vice-presidente da Amapi, juíza Keylla Ranyere Lopes Teixeira Procópio destacou que a Sinal Vermelho, além de um alerta, é uma campanha de solidariedade e amor às mulheres. “A Sinal Vermelho transformou-se em um grande movimento nacional. Quem sabe, num futuro breve, quando vivermos num mundo mais igual e mais humano, não sejam mais necessárias ações como esta. Enquanto este mundo ideal não chega, sejamos solidários com quem sofre e precisa de ajuda”.

A Sinal Vermelho contra a violência doméstica é uma iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que busca incentivar denúncias de agressão. Ao desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao farmacêutico ou ao atendente do estabelecimento, a vítima poderá receber auxílio e acionar as autoridades. Mais de 80 farmácias no Piauí participam da campanha.

“A Sinal Vermelho já é uma iniciativa de toda a sociedade brasileira. Infelizmente, o Brasil é o quinto país do mundo com maiores índices de violência contra a mulher. A campanha, que é bem simples, busca ser mais um apoio para que a essa realidade seja mudada. O fortalecimento da rede de proteção à mulher é urgente e estamos dando a nossa contribuição para a sociedade”, disse a presidente da AMB, Renata Gil, durante o lançamento.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, destacou a conscientização provocada pela campanha no sentido de mudar a cultura machista e patriarcal ainda enraizada na sociedade. “A Sinal Vermelho tem um importante papel educacional, de mostrar que a mulher não deve viver em situação de violência. Quando assumi a gestão do TJ-PI, uma das principais metas foi fortalecer a rede de proteção à mulher e hoje contamos com a Coordenadoria da Mulher, muito atuante e importante para essa causa”, afirmou.

Durante o lançamento, o desembargador José James Gomes Pereira, coordenador da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica do TJ-PI, e a secretária executiva Leina Mônica elencaram as ações da coordenadoria em apoio à campanha Sinal Vermelho. “Essa é uma campanha que compreende a ação de muitas entidades e, aqui no Piauí, acionamos esses principais atores, como Polícia Militar, Secretaria de Segurança, Sindicato e Conselho de Farmácia, para que também apoiassem essa importante iniciativa”, explicou.

O lançamento virtual da campanha Sinal Vermelho no Piauí foi organizado pela deputada estadual Rejane Dias, com o apoio da Secretaria das Mulheres da Câmara Federal, e contou com a presença de diversas autoridades: Renata Gil, presidente da AMB; Keylla Ranyere, vice-presidente da Amapi; juíza Eunice Prado, da Coordenadoria da Mulher da AMB; desembargador Sebastião Ribeiro Martins, presidente do TJPI; desembargador José James, da Coordenadoria da Mulher do TJPI; governador do Piauí, Wellington Dias; deputadas federais Iracema Portela, Marina Santos e Érika Kokay; Domitila Prado Manssur, representante do CNJ; juiz José Olindo Gil Barbosa, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher; Carmelina Moura, Procuradora Geral de Justiça do Piauí; Erisvaldo Marques, Defensor Público Geral do Estado do Piauí; Celso Barros, presidente da OAB-PI; Rodrigo Gonçalves, do Conselho Regional de Farmácia do Piauí; deputado federal Fábio Abreu; coronel Rubens Pereira, secretário de Segurança Pública do Estado do Piauí; coronel Lindomar Castilho, comandante da Polícia Militar do Piauí; delegadas Eugênia Vila e Vilma Alves; Zenaide Lustosa, coordenadora de Estado de Políticas para Mulheres do Piauí; Macilane Gomes, secretária municipal de Políticas para as Mulheres de Teresina; promotoras de Justiça Luana Azeredo e Flávia Gomes; e Joseana Soares, presidente da Comissão de Ensino do Conselho Regional de Farmácia do Piauí.

Para ter mais informações sobre a Campanha Sinal Vermelho, basta acessar o site www.amb.com.br/sinalvermelho.


FONTE: Com informações da Assessoria

ANTERIOR

Associado Ajuspi tem 30% de desconto em hospedagens no SAMHotel em Campo Maior-PI

PRÓXIMA

Parceria Ajuspi/Coqueiro Beach garante 20% de desconto para associados nas hospedagens