Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
Ajuspi, AAPP, AATEPI, TJ-PI, TRT-PI e Amapi parabenizam Kássio Nunes, indicado ao STF

Entidades divulgaram Nota Pública reconhecendo a merecida indicação do Desembargador piauiense a uma vaga no Supremo Tribunal Federal

02/10/2020 22:21 - Atualizado em 06/10/2020 09:24

Com a confirmação da indicação do nome do Desembargador Federal do Piauí, Kássio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal (STF), muitos Tribunais do Piauí e Associações se manifestaram divulgando nota pública de apoio e parabenizando o jurista pela conquista.

Dentre eles, o TJ-PI, o TRT-PI, A OAB-PI, A Associação Jurídica e Social do Piauí (Ajuspi), a Associação dos Advogados Previdenciaristas do Piauí (AAPP), a Associação dos Advogados Trabalhistas do Piauí (AATEPI) e a Associação dos Magistrados Piauiense (Amapi).

Respectivos presidentes da Ajuspi (Thiago Brandim), da AAPP (Patrícia Ribas), da OAB-PI (Celso Barros), da AATEPI (Téssio Tôrres), do TJ-PI (Des. Sebastião Martins), do TRT-PI (Desa. Liana Chaib) e da Amapi (Leonardo Brasileiro), além do Des. Kássio Nunes

Confira as notas:

NOTA PÚBLICA DA AJUSPI
A Associação Jurídica e Social do Piauí (Ajuspi) se regozija com a indicação do Desembargador Federal piauiense Kássio Nunes Marques, para a vaga de Ministro do Supremo Tribunal Federal.

O Desembargador Kássio Nunes é egresso da advocacia, tendo sido um profissional de destaque nesta área, sem olvidar quando no exercício da judicatura perante o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí.

De modo que é notória sua competência, esmero e equilíbrio, o que o qualifica para função que hoje ocupa, como também para a qual está sendo indicado.

Portanto, tal indicação é recebida com muita tranquilidade pelos piauienses, tendo em vista que o futuro Ministro, o qual passará com louvor por uma sabatina no Senado Federal, é reconhecido por seu foco, por sua independência, produtividade recorde e correção de seus atos.

De sorte que ganha o Brasil e em especial o Piauí por ter seu filho distinto no mais alto cargo do Judiciário brasileiro.

Thiago Brandim
Presidente da AJuspi

NOTA PÚBLICA DA AAPP
A Associação Dos Advogados Previdenciaristas do Piauí vem a público manifestar apoio e parabenizar o Desembargador Federal Kássio Nunes Marques, natural do Piauí, indicado para compor o quadro de Ministros do Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte de nosso país.

A trajetória do Desembargador Federal Kássio Nunes Marques ratifica a competência que ele possui para o exercício do cargo. Advogou durante muitos anos. Foi suplente do Conselho Federal da OAB. Integrou a Comissão Nacional de Direito Eleitoral e Reforma Política. Tornou-se juiz do TRE/PI em 2008 e, três anos depois, assumiu o cargo de desembargador no TRF da 1ª região.

Reforçamos a confiança na formação e na capacidade técnica do Desembargador Kássio Nunes que, há muito tempo, contribui com a sociedade piauiense.

Desejamos boa sorte. A sua indicação é motivo de muito orgulho a todos nós.


Patrícia Ribas de Almeida
Presidente da Associação Dos Advogados Previdenciaristas do Piauí (AAPP)

NOTA PÚBLICA DA AATEPI
A Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Piauí, parabeniza o ex-advogado trabalhista, Kássio Nunes Marques pela nomeação ao cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal.

A Associação confia na capacidade técnica do jurista,  uma vez que conhecedor da realidade do judiciário brasileiro como um todo, posto que há menos de dez anos militava diariamente no âmbito dos judiciários cível e trabalhista de nosso Estado, antes de ocupar a cadeira de Desembargador Federal após indicação pelo Quinto Constitucional.

A AATEPI deseja ao Desembargador Kássio Nunes, toda sorte e sucesso quando da sabatina a que será submetido no Senado Federal, na certeza de que sua indicação será aprovada por unanimidade e com votos de louvor, posto que detentor de todos os requisitos constitucionais para o cargo, assim como tem plena convicção de que irá desempenhar com dedicação e equilíbrio o encargo que lhe foi confiado.

Téssio Tôrres
Presidente da AATEPI

NOTA PÚBLICA DO TJ-PI
O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí manifesta seu apoio e parabeniza o desembargador federal Kássio Nunes Marques pela indicação para integrar o Supremo Tribunal Federal (STF). Desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região desde 2011, Kássio Nunes Marque sempre exerceu suas atividades profissionais com correção e brilhantismo, seja como advogado, seja como juiz eleitoral junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Piauí ou como desembargador. O Piauí e o Poder Judiciário piauiense orgulham-se de ter um representante que reúne as características necessárias para o bom desempenho das funções de um ministro da Corte Constitucional.

Desembargador Sebastião Ribeiro Martins
Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí

NOTA PÚBLICA DO TRT-PI
O Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (Piauí) congratula o Desembargador Federal Kassio Nunes Marques por sua indicação a Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), cargo máximo do Poder Judiciário brasileiro, ao tempo em que manifesta integral apoio. Piauiense de Teresina, Kassio Nunes Marques é Desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região desde 2011 e foi Vice-Presidente da Corte de abril de 2018 a abril de 2020. Exerceu também o cargo de Juiz Eleitoral do TRE-PI de 2008 a 2011, além de ter sido Conselheiro Federal Suplente e Conselheiro Seccional da OAB. Em 2017, foi condecorado com a comenda da Ordem Piauiense do Mérito Judiciário do Trabalho, por indicação da Desembargadora Liana Chaib. A escolha do Desembargador Kassio Nunes Marques representa o reconhecimento à sua notória excelência como magistrado e jurista, bem como motivo de elevada honra para o estado do Piauí. O Poder Judiciário piauiense, em especial a Justiça do Trabalho, expressa seu orgulho e regozijo, com a certeza de que o Desembargador Kassio Nunes Marques, tendo seu nome aprovado pelo Senado Federal, exercerá o nobre ofício de Ministro do Supremo Tribunal Federal com o brilhantismo e serenidade que marcam sua carreira, em prol do Judiciário e da sociedade brasileira.   Desembargadora Liana ChaibPresidente do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região - Piauí.

NOTA PÚBLICA DA OAB-PI
A Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí, vem celebrar e manifestar o seu reconhecimento ao piauiense e Desembargador do Egrégio Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Kássio Nunes Marques, que foi indicado ao cargo de Ministro do Excelso Supremo Tribunal Federal (STF). A indicação foi feita pelo Excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, por meio da Mensagem nº 565, publicada no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (02).

Tendo o nome aprovado ao Excelso STF, Kássio Nunes será o sexto piauiense a compor a Corte, da qual já fizeram parte os insignes piauienses: Antônio de Souza Mendes (1890); Antônio de Souza Martins (Oeiras – 1894); Evandro Cavalcante Lins e Silva (Parnaíba- 1963); Firmino Ferreira Paz (Teresina-1981); Aldir Guimarães Passarinho (Floriano- 1982).

Natural de Teresina, Kássio Nunes se formou em Direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), exerceu a Advocacia por cerca de 15 anos e nesse período fora eleito Conselheiro Seccional da OAB Piauí (de 2007 e 2009); Conselheiro Federal Suplente da OAB( de 2010 a 2011); bem como ocupou cargo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) na condição de jurista representando a Advocacia por duas vezes (2008/2010 – 2010/2011).

Em 2012, Kássio Nunes foi escolhido pelos seus pares do Conselho Federal da OAB para integrar a lista tríplice para preenchimento da vaga de Desembargador do Quinto Constitucional. Indicado para a Corte Federal, iniciou sua trajetória na Magistratura, realçando a firmeza de suas decisões e o respeito pela Advocacia e pelo sistema OAB.

Kássio Nunes Marques é um jurista competente e atuante que muito dignificará nossa Suprema Corte. Notabiliza-se por ser bastante acessível à Advocacia e pela ponderação de suas decisões. Como Desembargador Federal destacou-se pela produtividade e gestão processual, características que em muito contribuirão para a efetividade jurisdicional. A OAB Piauí congratula e parabeniza Kássio Nunes Marques, mas certamente quem ganha com a sua indicação é o Poder Judiciário e toda a sociedade brasileira.

Celso Barros Coelho Neto
Presidente da OAB-PI

NOTA PÚBLICA DA AMAPI
A Associação dos Magistrados Piauienses (AMAPI), entidade representativa dos juízes e desembargadores do Estado do Piauí, vem a público manifestar seu apoio à indicação do desembargador Kassio Nunes Marques para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

O Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 2 de outubro, traz a indicação do nome do desembargador piauiense no despacho do presidente da República, Jair Bolsonaro, que agora será apreciado pelo Senado Federal.

Magistrado federal desde 2011, Kassio Marques é natural de Teresina (PI). Formado em Direito pela Universidade Federal do Piauí, é Pós-Doutor em Direito Constitucional pela Universidade de Messina, na Itália; Pós-Doutor em Direitos Humanos pela Universidade de Salamanca, na Espanha; e Mestre em Direito pela Universidade Autónoma de Lisboa, Portugal. Foi Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí. Em maio de 2011, foi empossado desembargador federal do TRF da 1ª Região.

A Amapi reitera a confiança na aprovação do nome de Kassio Nunes Marques por parte dos senadores da República, reforçando que o desembargador assumirá com grandeza, equilíbrio, independência e capacidade técnica a vaga deixada pelo ministro Celso de Mello, na mais alta Corte do país.

 
Juiz Leonardo Brasileiro

Presidente da Associação dos Magistrados Piauienses (AMAPI)

NOTA PÚBLICA DO COPEJE
O COLÉGIO PERMANENTE DE JURISTAS DA JUSTIÇA ELEITORAL, que congrega os juízes e ex-juízes eleitorais da classe dos juristas de todos os Tribunais Eleitorais do país, considerando a indicação do Desembargador Federal Dr. Kassio Nunes Marques, pelo Presidente da República, para substituir o eminente Ministro Celso de Mello, em decorrência da sua futura aposentadoria voluntária no STF, comparece publicamente para afirmar que:

O Desembargador Kassio Marques, que integrou o TRE do Piauí, preenche todos os requisitos constitucionais para o exercício do cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal, insculpidos no art.101da Constituição Federal, a saber, idade mínima, notável saber jurídico e reputação ilibada, bem como, sua história de vida e seu currículo profissional atestam que o indicado goza de elevados princípios morais e indiscutível experiência na magistratura.

Em resumo, trata-se de um juiz competente, jurista preparado e uma pessoa íntegra, que sabe a responsabilidade da importante missão de guardião da Constituição e garantidor do Estado Democrático de Direito.

Assim, o COPEJE parabeniza o Exmo. Presidente da República pela indicação e espera que o Senado Federal aprove o nome do Desembargador Kassio Marques para o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal.

Alessandro Lopes
Presidente COPEJE-PI

Comente!

ANTERIOR

CCJ do Senado aprova piauiense Kassio Marques para ministro do STF

PRÓXIMA

Advogado destaca desafios da proteção ao direito de imagem na era digital