Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
Adiamento das eleições traz novas datas do calendário eleitoral; veja mudanças

PROPOSTA APROVADA NO SENADO ADIA PARA NOVEMBRO A REALIZAÇÃO DAS ELEIÇÕES; CÂMARA AINDA FARÁ A APRECIAÇÃO

27/06/2020 12:08 - Atualizado em 27/06/2020 12:15

Foi aprovado no Senado Federal proposta prevendo o adiamento das eleições municipais para novembro, sendo dia 15 de novembro o 1º turno e 29 de novembro o 2º turno.

No entanto, o adiamento das eleições não alterou os prazos do calendário eleitoral. Mudaram as datas, mas os prazos foram mantidos.

Assim, a propaganda eleitoral de rua e de internet, por exemplo, está autorizada a partir de 26 de setembro, enquanto a propaganda de rádio e TV começa 35 dias antes da antevéspera do pleito, exatamente como antes. Manteve a proporção dos dias.

A proposta agora está na Câmara dos Deputados para votação na Casa. Na última quinta-feira (25/06), o presidente da Câmara Rodrigo Maia se manifestou sobre a aprovação da PEC no Senado. Ele defendeu o adiamento sim das eleições de outubro para novembro, mas disse que ainda não há votos na Câmara suficientes para aprovar adiamento do pleito.

Abaixo o calendário eleitoral após as alterações aprovadas no Senado.

Fonte: Agência Senado

Fonte: Agência Senado

ANTERIOR

Projeto Transparência Ativa do MPF-PI concorre ao Prêmio Innovare 2020

PRÓXIMA

Campanha rompe silêncio de mulheres agredidas, afirma presidente da Amapi