Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
SUBSERVIÊNCIA E OBEDIÊNCIA

COLUNA DO GUSTAVO ALMEIDA: QUEBRA DE DECORO; SENADOR CANDIDATO EM TERESINA; DESCASO NA EDUCAÇÃO; COMIDAS DE PORCA E OUTRAS NOTAS

18/09/2019 07:02 - Atualizado em 18/09/2019 08:19

Franzé pediu processo por quebra de decoro (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

“Sujeito que expressa condescendência; que aceita as ordens, os desejos e as vontades de uma outra pessoa com facilidade”. “Sujeição servil à vontade alheia, submissão voluntária a alguém ou a alguma coisa; servilismo”. São esses os significados do termo subserviência.

A palavra foi usada pela deputada estadual Teresa Britto (PV) para definir deputados da base do governador Wellington Dias (PT). Eles, para agradar o petista, rejeitaram a convocação do secretário Rafael Fonteles para a Assembleia. O objetivo era que Fonteles explicasse detalhes dos pedidos de empréstimo que tramitam na Casa.

A palavra “subserviência”, usada por Teresa, irritou deputados governistas. Franzé Silva, o mais incomodado, pediu abertura de processo por quebra de decoro contra a deputada de oposição. Para ele, Teresa se excedeu na crítica e feriu normas de boa convivência no Parlamento.

Talvez fosse o ideal Teresa usar o termo obediência. Na prática, seria parecido, mas não teria causado tanta irritação. Que os deputados da base são obedientes ao governador, ninguém pode negar. Alguns dicionários definem obediência como “ação de quem obedece, de quem é dócil. Disposição para obedecer. Ato pelo qual alguém se conforma com ordens recebidas”.

Na Assembleia, é notória a obediência dos deputados da base ao governador. Isso eles não podem achar ruim, pois basta acompanhar a atuação deles para perceber.

Às vezes, para não desagradar alguém, a gente diz com jeitinho: “Fulano, essa roupa não está legal, não ficou bem”. É quase o mesmo que dizer: “Fulano, essa roupa está feia em você”. A diferença é que a primeira forma não constrange, já a segunda soa indelicado e deselegante. Mas a verdade é que, na prática, ambas querem dizer algo bem parecido.

Teresa Britto diz que Franzé quer calá-la (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

DEPUTADO MACHISTA

A deputada estadual Teresa Britto (PV) reagiu ao pedido de abertura de processo por quebra de decoro parlamentar feito pelo deputado Franzé Silva (PT). Para Teresa, o petista quer calar a voz dela e aparecer na mídia. A deputada disse que Franzé conseguiu, de fato, aparecer, mas como um machista. Ela está valente com a atitude do petista.

VAI FALAR NA CARA

Teresa Britto garante que vai dizer isso para Franzé olhando na cara dele, do alto da tribuna da Assembleia. O clima entre os dois promete ficar ainda mais pesado. Franzé pediu abertura de processo por quebra de decoro após Teresa chamar deputados da base de “subservientes” ao governador. A constatação irritou os governistas.

John Wallace, o "senador", será candidato em Teresina (Foto: Reprodução/Facebook)

CANDIDATO A VEREADOR

O jovem John Wallace (PT) será candidato a vereador em Teresina. Ele trabalha no Palácio de Karnak e é conhecido por lá como “senador”. O apelido é resultado de uma brincadeira criada na eleição de 2010, quando Wellington Dias disputou vaga no Senado. Na época, uma “candidatura de mentirinha” de John a senador foi lançada por amigos.

CANDIDATO A VEREADOR 2

Naquela ocasião, a brincadeira rendeu tanto que mandaram confeccionar um cartaz com o “candidato a senador” John Wallace. Dez anos depois, o petista agora trabalha para ser candidato de verdade em 2020, só que dessa vez a vereador. Bem relacionado com alguns políticos que circulam com frequência no Karnak, o “senador” sonha em ser vereador.

Alunos são transportados em paus de arara (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

DESCASO NA EDUCAÇÃO

A reportagem do Política Dinâmica pegou a estrada e foi até a região Norte do Piauí flagrar descasos na educação. Alunos da rede estadual transportados em paus de arara ainda são uma realidade no Estado onde milhões gastos com propaganda tentam esconder descasos. A matéria completa, em fotos e vídeos, você vai conferir aqui no PD.

COMIDAS DE PORCA

O deputado estadual Henrique Pires (MDB) postou foto numa rede social junto com Dr. Pessoa e Luiz Lobão, ambos pré-candidatos a prefeito de Teresina, assim como ele. Na postagem, alguns comentários: “Três comidas de porca”, disse um. Outro afirmava que “votar em Dr. Pessoa era motivo de chorar”, usando emoji de choro ao invés da palavra.

Henrique Pires brinca com comentários em foto (Foto: Divulgação/Assessoria)

COMIDAS DE PORCA 2

Henrique fez questão de expor os comentários e ele próprio tirou onda da situação. “A turma não perdoa. Misericórdia”, postou o deputado na legenda da postagem. Embora Dr. Pessoa tenha sido colocado como pré-candidato oficial do partido por alguns membros, Henrique Pires e Lobão mantêm suas pré-candidaturas. Para eles, não existe definição.

QUER NEM SABER DO TIO

O deputado estadual Firmino Paulo (Progressistas) está cada vez mais ligado ao governador Wellington Dias (PT). Depois de ser colocado na política pelo tio, o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB), ele agora tá quase um petista. Embora não demonstre muito, o sobrinho tem sérias arestas com o tio. Diante disso, quer mostrar que está com Wellington para o que der e vier, inclusive nas eleições municipais de 2020.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
BIVAR NEGOCIA FUSÃO DO PSL COM O PP; CIRO NEGA
BIVAR NEGOCIA FUSÃO DO PSL COM O PP; CIRO NEGA
ELMANO DEFENDE PRISÃO NA 2ª INSTÂNCIA
ELMANO DEFENDE PRISÃO NA 2ª INSTÂNCIA
DNIT VAI REPASSAR R$ 26 MILHÕES PARA O ESTADO
DNIT VAI REPASSAR R$ 26 MILHÕES PARA O ESTADO
FIRMINO ADMITE SAID ENTRE “CANDIDATÁVEIS”
FIRMINO ADMITE SAID ENTRE “CANDIDATÁVEIS”