Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
STANLEY FAZ PRIMEIRO DISCURSO E DENUNCIA DESCASO

EM SEU PRIMEIRO PRONUNCIAMENTO, VEREADOR AFIRMA QUE GOVERNO ESTADUAL ESTÁ HÁ SEIS MESES SEM FORNECER MEDICAMENTOS PARA PACIENTES RENAIS

11/04/2019 14:37 - Atualizado em 11/04/2019 15:03

Stanley durante discurso na Câmara de Teresina (Foto: Reprodução/CAM TV)

O vereador Stanley Freire (PR) fez nesta quinta-feira (11) o seu primeiro discurso na tribuna da Câmara Municipal de Teresina. Ele assumiu o mandato no último dia 2 após a saída de Caio Bucar (PRTB) para a presidência da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Eturb). No primeiro pronunciamento, o jovem vereador de 27 anos denunciou a falta de medicamentos para pacientes renais na Farmácia Popular do estado do Piauí.

Stanley lembrou que é um paciente renal e sabe as dificuldades enfrentadas por essa parcela da sociedade. Ele lembrou que graças à condição financeira que possui consegue comprar os medicamentos, mas milhares de piauienses não têm a mesma condição e podem morrer a qualquer momento se o Governo Estadual não tomar alguma providência.

"Eu trouxe à tribuna da Câmara uma denúncia grave sobre os medicamentos dos pacientes renais que estão com seis meses em atraso. É um absurdo isso aí. Eu sou um paciente renal e falo com conhecimento próprio. Eu tenho condição de comprar a medicação, mas aqueles milhares de pacientes de todo o Piauí não têm condições de comprar. E aí como fica? Eles vão esperar a morte?", questionou o vereador.

Segundo Stanley, o presidente da Associação dos Pacientes Renais do Piauí já denunciou a situação Ministério Público do Estado (MP-PI). Segundo o vereador, a resposta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) é que estão aguardando uma licitação. A justificativa, no entanto, não convence o parlamentar, que cobra do governador urgência na resolução do problema.

Vereador denuncia descaso com pacientes (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Eles vão esperar algum paciente morrer para que dê certo a licitação? O governador precisa conversar com o secretário de saúde e ver o que pode fazer. O que não pode é os pacientes renais deixarem de tomar suas medicações e serem prejudicados por causa de um erro do secretário de saúde. Alguns pacientes estão há seis meses sem tomar a medicação", falou

METADE DA CÂMARA PEDIU APARTE
O discurso de Stanley Freire foi ouvido com atenção por todos os vereadores que estavam no plenário. Pelo fato de ser o primeiro pronunciamento, os colegas pararam para ouvi-lo. Apesar disso, foi o tema levado à tribuna que prendeu a atenção dos demais parlamentares. Diante dos relatos feitos por Stanley, 14 vereadores pediram aparte ao discurso dele.

Todos os pares parabenizaram o novo vereador pela postura ao discursar e a maioria deles condenou o descaso da gestão estadual com os pacientes renais. O vereador Luiz Lobão (MDB), médico e presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Teresina, destacou que Stanley levava à tribuna um tema de extrema relevância e criticou a gestão estadual.

"Eu votei no governador Wellington Dias e no prefeito Firmino Filho, porque acho que são dois grandes líderes. Mas faço uma crítica à gestão estadual. Esse secretário de saúde não é de hoje que vem se fazendo críticas e não se tem uma resposta à altura", afirmou Lobão.

OUTRO LADO
O Política Dinâmica procurou o governo do Piauí para comentar os fatos denunciados na tribuna da Câmara pelo vereador Stanley Freire. No entanto, até a publicação desta matéria nenhum posicionamento foi enviado pela Coordenadoria de Comunicação Social do governo.

Notícias relacionadas
"ATITUDE VIL E COVARDE", DESABAFA FIRMINO
CENTRÃO SÓ QUER O PODER
CENTRÃO SÓ QUER O PODER
PIAUÍ: CASOS DE COVID-19 AUMENTARAM QUASE 700% EM UM MÊS
PIAUÍ: CASOS DE COVID-19 AUMENTARAM QUASE 700% EM UM MÊS
ASSESSOR DE CIRO É NOMEADO PRESIDENTE DO FNDE
ASSESSOR DE CIRO É NOMEADO PRESIDENTE DO FNDE