Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
SILVIO PÕE DÚVIDA NA ESCOLHA DE KLEBER: “NÃO SEI NEM SE ESSE CONVITE FOI FEITO”

EX-PREFEITO DE TERESINA CONSIDERA QUE SAMUEL SILVEIRA E WASHINGTON BONFIM AINDA SÃO ALTERNATIVAS E OS DOIS COMENTAM O ASSUNTO

10/06/2020 08:17 - Atualizado em 10/06/2020 08:40

Silvio Mendes não vê definição até agora (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O ex-prefeito de Teresina, Silvio Mendes (PSDB), avalia que a filiação de Washington Bonfim ao PSDB e a desistência de Samuel Silveira de tentar a reeleição para vereador criaram alternativas na sucessão municipal dentro do grupo da prefeitura. Em entrevista ao Política Dinâmica na terça-feira (9), ele afirmou que não sabe nem mesmo se houve convite para que Kleber Montezuma, seu amigo íntimo, seja o candidato do PSDB e entende que ainda não há definição.

“Eu soube desde o começo que o Kleber aceitaria um convite. Não sei nem se esse convite foi feito. Ele Firmino já deu a entender que seria ou será o Kleber. Mas depois disso teve a novidade da filiação do professor Washington Bonfim e o caso do Samuel. [Samuel] saindo da gestão pública, se tiver essa oportunidade, pode ser candidato. O professor Washington era do PP e foi para o PSDB. Não sei exatamente o que quer dizer isso. São alternativas, né?”, falou.

Escolha de Kleber não é vista como certa (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

No entanto, Silvio afirma que essa definição será conduzida pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). Ele avalia que a escolha deve levar em conta a aceitação do nome junto à população e admite que, ainda assim, qualquer nome escolhido terá concordância de uns e discordância de outros. O ex-prefeito conta que antes da pandemia se ofereceu para ajudar no processo. 

“Essa definição quem conduz é o Firmino. Ele é o condutor disso. Desde o início dessa pandemia eu nunca mais tratei de assuntos dessa natureza. Eu apenas me ofereci, lá atrás, para ajudar naquilo que eu acho que tenho alguma experiência. Mas foi só isso, foi um oferecimento meu. Você definir um candidato não existe consenso. Tem os critérios. Escolher por que? Tem que saber se a população aceita, se apoia. Ela [população] é quem diz isso. Por várias razões, tem sempre os que concordam e os que discordam”, alertou.

SAMUEL AINDA VÊ CHANCES: “SERIA UM SONHO”

Considerado por Silvio Mendes como “alternativa”, o vereador Samuel Silveira (PSDB) disse que respeita a pré-candidatura posta de Kleber Montezuma, mas admite que sonha em ser prefeito de Teresina. Silveira é muito ligado a Firmino e a primeira-dama Lucy Soares.

Movimentos de Samuel levantam hipóteses (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O nome de Samuel voltou a ganhar força desde quando ele não se desincompatibilizou no prazo exigido para disputar uma reeleição considerada garantida para vereador. No entanto, dias depois, resolveu se desincompatibilizar no prazo legal para quem quer disputar cargos majoritários, ou seja, ele só pode disputar a eleição se for para prefeito.

“Quem não sonha em ser prefeito de Teresina? Eu, naturalmente, como representante popular, bem como outros, desde presidente de associação ao mais alto nível da política, todos aqueles que se dispõem em representar pessoas, têm o desejo de fazer a gestão da sua cidade. Então é natural que a gente sonhe com uma situação dessa. Há uma pré-candidatura posta e nós respeitamos que é a do professor Kleber. Mas reforço que o prefeito é o grande condutor dessa situação e no momento oportuno ele se expressará e colocará o seu representante”, comentou.

WASHINGTON BONFIM NÃO SE CONSIDERA NO PÁREO

O Política Dinâmica também procurou Washington Bonfim. Perguntado se está no páreo para a escolha, ele avalia que nunca esteve e também não está agora. Bonfim disse que algumas pessoas apontavam seu nome, o que o deixava lisonjeado, mas fala que ele próprio sempre entendeu não ter tanta viabilidade, já que nem em Teresina morava até alguns meses atrás.

Washington se vê fora de disputa por escolha (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

No entanto, ele voltou a morar na capital piauiense e se filiou ao PSDB. Mas essas novidades, na visão dele, não significam que seu nome tenha entrado no páreo. 

“Uma coisa não tem nada a ver com outra”, garante.

ANTERIOR

MAURO TAPETY VENCE COVID-19 E DEIXA HOSPITAL

PRÓXIMA

MERLONG JÁ FOI EXONERADO PARA TOMAR POSSE NA CÂMARA