Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
SETE CANDIDATOS SE DECLARAM INDÍGENAS NO PIAUÍ

CONFORME DADOS DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, INDÍGENAS PEDIRAM REGISTRO DE CANDIDATURA EM CINCO MUNICÍPIOS PIAUIENSES

29/09/2020 07:49 - Atualizado em 29/09/2020 08:02

Dos mais de 10 mil políticos que pediram registro de candidatura no Piauí para as eleições de 2020, sete se declararam indígenas. São seis candidatos a vereador e um a prefeito. O número corresponde a 0,07% do total de pedidos de registro feitos à Justiça Eleitoral.

No município de Currais, os candidatos que se declaram indígenas são Eudinete Ribeiro (PC do B) e Luis Carlos Ferreira (PL). Ela é candidata a vereadora e ele é candidato a prefeito.

Em Parnaíba os candidatos a vereador Gerarda Araújo Brasilino e Pastor Mauro Silva, ambos filiados ao PSL, também se declaram indígenas.

Em Lagoa de São Francisco o indígena é Henrique Manoel (Progressistas), que concorre a uma vaga de vereador. Próximo a Teresina, a candidata Maria de Jesus Celestino (PC do B) tenta uma vaga na Câmara Municipal de Monsenhor Gil.

Para fechar a lista, Manoel Pereira Borges, o Nésio (Progressistas), disputa um mandato de vereador no município de Uruçuí, na região Sul do Estado.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 63,18% dos candidatos no Piauí se declaram pardos, 23,75% se afirmam brancos, 10,37% se consideram pretos, 0,56% se acham amarelos, 0,07% se declaram indígenas e 2,07% não informaram.

Comente!

ANTERIOR

KASSIO MARQUES É APROVADO NO PLENÁRIO DO SENADO

PRÓXIMA

EM JUNHO, VEREADOR CAIO BUCAR ALERTOU