Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
AVALIAÇÃO
QUEBRA-QUEBRA SEM SENTIDO

FIRMINO CONSIDERA DEMOCRÁTICO O DIREITO À MANIFESTAÇÃO, MAS CONDENA DEPREDAÇÃO OCORRIDA NO DIRETÓRIO ESTADUAL DO PSDB

10/01/2018 12:28 - Atualizado em 11/01/2018 10:15

Tucano critica atos de depredação (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O prefeito Firmino Filho comentou nesta quarta-feira (10) a depredação do diretório estadual do PSDB, ocorrida na terça-feira (9), durante protestos contra o aumento da passagem do transporte coletivo de Teresina. Ele avalia que a manifestação faz parte do processo democrático, mas considerou sem sentido o quebra-quebra ocorrido na sede do partido.

"Tudo tem limite. Não faz sentido você transformar uma manifestação num processo de quebra-quebra. Eu acho que é um excesso desnecessário", afirmou.

Firmino defendeu o aumento, mas lembrou que o sistema de transporte público de Teresina vive os últimos capítulos com o velho modelo. Segundo ele, a universalização do que classifica como “novo modelo” vai acarretar numa mudança em diversos aspectos, inclusive nos custos, o que deve evitar os desconfortos anuais gerados pelos constantes reajustes tarifários.

"É importante lembrar que esse modelo antigo já está superado, está falido, tanto em termos de qualidade, de agilidade, bem como também em termos de custo. Todo esse novo sistema vai dar um salto qualitativo no transporte coletivo. O que estamos vendo é a morte do velho modelo e o nascimento do novo. Os dados referentes a essa tarifa que aumentou recentemente são do velho modelo que nós queremos deixar no passado", explicou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
TERESINA
NÃO TINHA NINGUÉM NA CASA DE CIRO
NÃO TINHA NINGUÉM NA CASA DE CIRO
LAVA JATO
“A GENTE NÃO CONSEGUE ENTENDER”
“A GENTE NÃO CONSEGUE ENTENDER”
CANDIDATURA
JULIANA PARA DEPUTADA FEDERAL
JULIANA PARA DEPUTADA FEDERAL
CHAPA PROPORCIONAL
“O MDB NÃO TEM O PODER DE DECIDIR A VIDA DO PT”
“O MDB NÃO TEM O PODER DE DECIDIR A VIDA DO PT”