Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MUDANÇA
PTC RECUA APÓS BALÃO DE FÁBIO SÉRVIO

DEPUTADO EVALDO GOMES AFIRMA QUE PRÉ-CANDIDATO DO PSL DESCUMPRIU ACORDO FEITO EM REUNIÃO QUE SE ESTENDEU ATÉ A MADRUGADA

31/07/2018 13:21 - Atualizado em 31/07/2018 13:58

Deputado estava incomodado com postura do PSL (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O presidente regional do PTC, deputado Evaldo Gomes, convocou a imprensa para uma entrevista coletiva em seu gabinete na manhã desta terça-feira (31). Estava tudo certo para o partido anunciar o rompimento com o governador Wellington Dias (PT) e declarar apoio ao pré-candidato Dr. Pessoa (Solidariedade). O próprio Dr. Pessoa e a candidata a vice que seria indicada pelo PTC, Vanessa Tapety, também compareceram. Teve fotos e tudo estava pronto.

O início da coletiva atrasou 20, 30, 40 minutos, até que passou de uma hora. Quando a porta se abriu, Dr. Pessoa já não estava mais. Evaldo Gomes iniciou pedindo desculpas e comunicou que a decisão sobre deixar ou não a base do governo estava adiada. Visivelmente incomodado, o deputado confirmou que estava tudo definido desde o começo da madrugada, mas uma pessoa mudou de ideia nesse intervalo de poucas horas, descumprindo o acordo.

Vanessa Tapety seria vice indicada pelo PTC (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A pessoa em questão é o publicitário Fábio Sérvio (PSL), também pré-candidato a governador. Ele havia participado da reunião que se estendeu até a madrugada e iria abrir mão da disputa, se aliar ao PTC e em seguida compor do Dr. Pessoa. Com ele, também iria o PROS, partido que é aliado dele. Juntos, além de apoiar Pessoa, iriam formar um bloco proporcional. No entanto, Fábio não compareceu à entrevista coletiva e, segundo Evaldo Gomes, não atendeu dezenas de ligações nesta manhã.

Quando resolveu retornar o contato, comunicou que não poderia cumprir o que tinha sido acordado. Diante da posição, Evaldo adiou a decisão do PTC.

"Infelizmente, um entendimento que nós tínhamos até a madrugada era um. Vamos ter que adiar um pouco porque tudo que acertamos não foi possível concretizar. Até as 4 horas da manhã estava tudo ok para que o PROS e o PSL pudessem compor com o PTC. Por incrível que pareça, nesse exato momento que a gente estava aqui pronto para apresentar a vocês uma estratégia que construímos, eles pediram mais um tempo. Acharam que a decisão tomada ontem a noite não tinha mais como ser concretizada no dia de hoje", falou.

Aliados de Dr. Pessoa chegaram a tirar fotos com Vanessa Tapety, nome que, conforme o acordo, seria indicado como vice de Pessoa (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Para Evaldo Gomes, o líder do PSL descumpriu a palavra dada em um acordo feito olho no olho. O deputado estadual disse que vai continuar o processo de definição sobre os rumos que seu partido vai tomar. Segundo ele, essa decisão deve acontecer até a quinta-feira (2) ou mesmo ficar para o dia da convenção da sigla, marcada para o sábado (4). 

Evaldo avisou que o PTC seguirá avaliando qual rumo tomar nas eleições deste ano e disse que o partido não vai aceitar pressão do governo e dos seus aliados.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
PARLAMENTO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
VOTAÇÃO
FARTO NA FARTURA
FARTO NA FARTURA
PARLAMENTO
EM 196 ANOS, 15 MULHERES FORAM ELEITAS PARA ALEPI
EM 196 ANOS, 15 MULHERES FORAM ELEITAS PARA ALEPI
PIAUIENSE
SITE COLOCA CIRO COMO PROVÁVEL CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO SENADO
SITE COLOCA CIRO COMO PROVÁVEL CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO SENADO