Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MUDANÇA
PTC RECUA APÓS BALÃO DE FÁBIO SÉRVIO

DEPUTADO EVALDO GOMES AFIRMA QUE PRÉ-CANDIDATO DO PSL DESCUMPRIU ACORDO FEITO EM REUNIÃO QUE SE ESTENDEU ATÉ A MADRUGADA

31/07/2018 13:21 - Atualizado em 31/07/2018 13:58

Deputado estava incomodado com postura do PSL (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O presidente regional do PTC, deputado Evaldo Gomes, convocou a imprensa para uma entrevista coletiva em seu gabinete na manhã desta terça-feira (31). Estava tudo certo para o partido anunciar o rompimento com o governador Wellington Dias (PT) e declarar apoio ao pré-candidato Dr. Pessoa (Solidariedade). O próprio Dr. Pessoa e a candidata a vice que seria indicada pelo PTC, Vanessa Tapety, também compareceram. Teve fotos e tudo estava pronto.

O início da coletiva atrasou 20, 30, 40 minutos, até que passou de uma hora. Quando a porta se abriu, Dr. Pessoa já não estava mais. Evaldo Gomes iniciou pedindo desculpas e comunicou que a decisão sobre deixar ou não a base do governo estava adiada. Visivelmente incomodado, o deputado confirmou que estava tudo definido desde o começo da madrugada, mas uma pessoa mudou de ideia nesse intervalo de poucas horas, descumprindo o acordo.

Vanessa Tapety seria vice indicada pelo PTC (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A pessoa em questão é o publicitário Fábio Sérvio (PSL), também pré-candidato a governador. Ele havia participado da reunião que se estendeu até a madrugada e iria abrir mão da disputa, se aliar ao PTC e em seguida compor do Dr. Pessoa. Com ele, também iria o PROS, partido que é aliado dele. Juntos, além de apoiar Pessoa, iriam formar um bloco proporcional. No entanto, Fábio não compareceu à entrevista coletiva e, segundo Evaldo Gomes, não atendeu dezenas de ligações nesta manhã.

Quando resolveu retornar o contato, comunicou que não poderia cumprir o que tinha sido acordado. Diante da posição, Evaldo adiou a decisão do PTC.

"Infelizmente, um entendimento que nós tínhamos até a madrugada era um. Vamos ter que adiar um pouco porque tudo que acertamos não foi possível concretizar. Até as 4 horas da manhã estava tudo ok para que o PROS e o PSL pudessem compor com o PTC. Por incrível que pareça, nesse exato momento que a gente estava aqui pronto para apresentar a vocês uma estratégia que construímos, eles pediram mais um tempo. Acharam que a decisão tomada ontem a noite não tinha mais como ser concretizada no dia de hoje", falou.

Aliados de Dr. Pessoa chegaram a tirar fotos com Vanessa Tapety, nome que, conforme o acordo, seria indicado como vice de Pessoa (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Para Evaldo Gomes, o líder do PSL descumpriu a palavra dada em um acordo feito olho no olho. O deputado estadual disse que vai continuar o processo de definição sobre os rumos que seu partido vai tomar. Segundo ele, essa decisão deve acontecer até a quinta-feira (2) ou mesmo ficar para o dia da convenção da sigla, marcada para o sábado (4). 

Evaldo avisou que o PTC seguirá avaliando qual rumo tomar nas eleições deste ano e disse que o partido não vai aceitar pressão do governo e dos seus aliados.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ALEPI
PARA QUE ESSA AGONIAÇÃO TODA?
PARA QUE ESSA AGONIAÇÃO TODA?
NOVO PRÉDIO
ECONOMIA DE R$ 800 MIL
ECONOMIA DE R$ 800 MIL
ELEIÇÃO ALEPI
ELE VAI OUVIR O GOVERNADOR
ELE VAI OUVIR O GOVERNADOR
PODER
PT NÃO ACEITA PERDER ESPAÇOS
PT NÃO ACEITA PERDER ESPAÇOS