Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
PROCURADOR MENCIONA OPERAÇÃO TOPIQUE

RECURSO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS TENTAVA REFORMAR DECISÃO DO TCE-PI QUE APROVOU CONTAS DE 2016 DE REJANE DIAS

10/07/2020 10:53 - Atualizado em 10/07/2020 11:22

Ao defender nesta quinta-feira (9) um recurso do Ministério Público de Contas contra a aprovação das contas de 2016 de Rejane Dias (PT) na Seduc-PI, o procurador Pinheiro Júnior lembrou que as contas daquele ano estão no bojo da Operação Topique, da Polícia Federal. 

"Esse exercício, especificamente, está envolvido com a operação Topique, relacionada à locação de veículos. Contratos de locação de veículos originaram essa operação Topique deflagrada pela Polícia Federal em parceria com a Controladoria-Geral da União", alertou.

Irregularidades no aluguel de veículos foram apontadas pela equipe técnica do TCE-PI ao analisar as prestações de contas do exercício de 2016.

A intenção dos procuradores era modificar o julgamento que aprovou as contas do exercício de 2016 na gestão de Rejane Dias na Secretaria de Educação do Piauí. Apesar das irregularidades apontadas e do esforço do MPC, o recurso foi rejeitado pelos conselheiros.

Comente!

ANTERIOR

PRESIDÊNCIA DA APPM: PREFEITO COSTURA CHAPA COM PSD, PP, MDB E PT

PRÓXIMA

PDT APOIA JEOVÁ E QUER ESPAÇO NA MESA DIRETORA