Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
COMUNISTAS VIAM FIRMINO COMO REPRESENTANTE CONTRA O GOLPE

PRÉ-CANDIDATO COMUNISTA APRESENTA JUSTIFICATIVA PARA O PARTIDO TER APOIADO GESTOR DO PSDB NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2016

05/02/2020 13:59 - Atualizado em 05/02/2020 14:28

Floro Mauel teve mais de 6 mil votos em Teresina (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

Depois de passar três anos no governo tucano em Teresina, o PC do B decidiu deixar a base do prefeito Firmino Filho (PSDB) e apoiar a pré-candidatura de Fábio Novo (PT) a prefeito. Os comunistas, inclusive, enxotaram dos planos da sigla o vereador Enzo Samuel, que não acompanhou a mudança da legenda para a oposição e preferiu ficar com o prefeito.

Nos bastidores, há quem diga que o partido só quis ser governo e agora deu tchau para Firmino no ano eleitoral. Nesta quarta-feira (5), um pré-candidato comunista deu justificativa para o fato do partido ter apoiado o tucano em 2016. Segundo Floro Mauel, que vai concorrer a uma vaga de vereador, os comunistas apoiaram Firmino porque o tucano representava a luta contra o que eles chamam de golpe contra a então presidente Dilma Rousseff (PT).

"Naquele momento que o PC do B foi base de apoio na eleição do Firmino, ele representava a luta contra o golpe. Hoje, existem dois lados bem acirrados nacionalmente e a gente, como é de nossa história, opta por estar do lado que defende a democracia, as pautas nacionais e as pautas também municipais para que o partido tenha êxito em seu projeto. O Firmino naquela época deu declarações dizendo que era contrário ao golpe contra a Dilma", falou.

No entanto, na época, o PT, principal vítima do "golpe" e aliado histórico dos comunistas, estava em chapa oposta a de Firmino em Teresina. Mesmo assim, nas palavras de Floro, os comunistas viam no prefeito do PSDB um representante da luta contra o golpe e o apoiaram.

Floro evitou entrar na polêmico sobre Enzo (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

SAÍDA DE ENZO SAMUEL

Embora todos já saibam que Enzo foi excluído dos planos do PC do B para as eleições deste ano, os comunistas ainda evitam admitir publicamente nas entrevistas que rejeitaram o "camarada", como costumam se chamar entre si. Amigo de Enzo e sem querer entrar na polêmica entre o partido e o colega, Floro Mauel foi cuidadoso ao tratar do assunto.

"Enquanto não houver uma decisão, de fato, por ambas as partes, a gente vai estar lutando para que consigamos fortalecer ainda mais a chapa do PC do B, com o Enzo, mas eu espero que sem ele também nós vamos construir uma chapa forte para disputar a Câmara", falou.

Floro é um dos principais nomes do PC do B na disputa por uma vaga de vereador. Em 2018, ele se candidatou a deputado estadual e, sem estrutura, obteve mais de 7 mil votos. Apenas em Teresina teve mais de 6 mil votos, superando a votação de deputados estaduais eleitos como Georgiano Neto (PSD), Firmino Paulo (PP) e Evaldo Gomes (SDD) na capital.

Notícias relacionadas
NÃO COLOU
NÃO COLOU
EMPRESÁRIOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELA REABERTURA DO COMÉRCIO
EMPRESÁRIOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELA REABERTURA DO COMÉRCIO
"LIBERDADE DE IMPRENSA NÃO É CONSTRUÍDA POR ROBÔS"
PREFEITO DECRETA LOCKDOWN EM CIDADE DO PIAUÍ
PREFEITO DECRETA LOCKDOWN EM CIDADE DO PIAUÍ