Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
PAU QUE DÁ EM CHICO TEM QUE DAR EM FRANCISCO

LÍDER DA OPOSIÇÃO DIZ QUE REFORMA DA PREVIDÊNCIA ESTADUAL É UMA CÓPIA DA NACIONAL E QUESTIONA COMO SERÁ A POSTURA DO PT NA ASSEMBLEIA

03/12/2019 17:36 - Atualizado em 03/12/2019 19:32

Deputado espera para ver posição de petistas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O líder da oposição na Assembleia Legislativa do Piauí, deputado estadual Gustavo Neiva (PSB), acredita que o projeto de reforma da Previdência estadual encaminhado pelo governo do Estado à Assembleia vai ter muitas dificuldades para tramitar na casa. As dificuldades, segundo ele, devem partir do próprio PT, partido do governador Wellington Dias.

Neiva argumenta que o PT foi radicalmente contra a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo Governo Federal ao Congresso. Por conta disso, ele diz que não fará sentido os petistas serem a favor da proposta de Wellington Dias, já que ela é, conforme palavras do deputado, praticamente uma cópia do projeto de reforma do governo federal.

"O PT fechou questão contra a reforma da Previdência a nível nacional. Os deputados do PT do Piauí fizeram uma audiência pública bastante participativa onde foram contra a proposta, colocando como se ela fosse um pacote de maldades do presidente Bolsonaro. O que se comenta é que a reforma da Previdência do Estado é praticamente uma cópia da reforma nacional. Então, a dificuldade deve começar pelo próprio partido do governador. Eu quero crer que aquilo que é ruim para o Brasil não deve ser bom para o Piauí", comentou.

Em outras palavras, o argumento de Gustavo Neiva sobre como será a postura dos petistas na Assembleia é o seguinte: "o pau que dá em Chico, tem que dar em Francisco".

SEM PREJUDICAR O SERVIDOR

O deputado defende que a proposta seja debatida intensamente. Segundo ele, é necessário ampla discussão para evitar que servidores públicos estaduais sejam prejudicados com as mudanças. A PEC elaborada pela equipe econômica de Wellington Dias chegou esta semana à Assembleia Legislativa e foi lido no expediente desta terça-feira (3).

Notícias relacionadas
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO
TEMPOS DE BELIGERÂNCIA
TEMPOS DE BELIGERÂNCIA
ADVERSÁRIOS REPUDIAM ATO CONTRA FIRMINO FILHO
ADVERSÁRIOS REPUDIAM ATO CONTRA FIRMINO FILHO
"ATITUDE VIL E COVARDE", DESABAFA FIRMINO