Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
O ÚNICO REBELDE

O JOVEM VEREADOR DEOLINDO MOURA (PT) FOI O ÚNICO PARLAMENTAR A VOTAR CONTRA O PROJETO DE REGULAMENTAÇÃO DO UBER EM TERESINA

11/12/2018 15:04 - Atualizado em 11/12/2018 15:18

Vereador resistiu ao projeto da Prefeitura (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O vereador Deolindo Moura (PT) foi o único a votar contra o Projeto de Lei de autoria da Prefeitura que regulamenta o serviço de transporte por aplicativo em Teresina. Perdeu de goleada, mas assegura que votou com a consciência de que estava lutando em defesa de uma categoria que caiu no gosto da população. O placar foi 20 a 1. Houve três abstenções.

"Vencer ou perder, tem que ser no meio do povo. Não tem outro jeito. Nós temos pontos de vista no que diz respeito a esse projeto de regulamentação [...] Esse é um projeto muito danoso e busca interromper o fornecimento de um trabalho. Votei tranquilo conforme a minha consciência", argumentou o jovem vereador petista.

Deolindo foi na contramão até mesmo do seu companheiro de partido e líder da oposição na Câmara, o vereador Dudu (PT). Por incrível que pareça, Dudu votou a favor do projeto enviado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), algo que não é fácil de acontecer no Parlamento Municipal. Com a aprovação, o número de Ubers na capital ficou limitado em 2.040 motoristas.

Placar da votação terminou em 20 a 1 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Essa limitação não aconteceu em nenhum lugar do Brasil. Houve uma tentativa por parte de São Paulo, mas caiu na Justiça. Aonde foi tentada essa limitação, ela caiu na Justiça. Então, mesmo eu tendo proposto emendas, aquilo que é fator crucial no projeto [a limitação] eu discordava. Por isso votei contrário", pontuou Deolindo.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
NO PASSADO, TUDO PODIA
NO PASSADO, TUDO PODIA
TCHAU, PSL!
TCHAU, PSL!
BOLSONARO E A COR ROSA
BOLSONARO E A COR ROSA
GOLPE DENTRO DO PT
GOLPE DENTRO DO PT