Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
NOVO GOVERNO
O PROBLEMA É MEXER NOS COSTUMES

ÁTILA LIRA ACREDITA QUE GOVERNO DE JAIR BOLSONARO VAI CONSEGUIR DESENVOLVER SUAS TEMÁTICAS, MAS VÊ PROBLEMA NA PAUTA DOS COSTUMES

09/01/2019 15:44 - Atualizado em 09/01/2019 16:11

Deputado vê dificuldades em alguns temas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal Átila Lira (PSB) avalia que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) só está encontrando resistência nas pautas que envolvem costumes. Para ele, a temática econômica do novo governo vai "caminhar livremente", mas a temática dos costumes tende a encontrar reações. Apesar disso, o parlamentar piauiense entende que não há motivos para esse tipo de resistência, pois trata-se de conquistas que não podem mudar jamais.

"O Bolsonaro atacou muito algumas posições querendo defender um certo conservadorismo, mas o mundo todo está mudando. O mundo já mudou na Europa há 100 anos. Os costumes são completamente diferentes e aqui no Brasil caminha para isso, para a liberalidade, para o respeito às minorias, aos indígenas e afrodescendentes. É normal que o governo tenha componentes conservadores, mas que não vão mudar o status quo", afirmou o deputado.

Sobre a relação do governo com o Congresso, Átila prevê um bom entendimento entre as partes e acredita que a gestão Bolsonaro vai conseguir aprovar as principais matérias no Parlamento. Apesar disso, ressaltou que algumas possivelmente não passem. "A reforma da Previdência tenderá a aprovar e outras não. Talvez alguns pontos da reforma da Previdência não passem, como por exemplo essa questão rural, onde ele vai ter dificuldades", avaliou.

Átila vai integrar a base aliada do governo de Jair Bolsonaro no Congresso Nacional.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
NÃO SERIA BOM!
ELMANO NÃO QUER RENAN CALHEIROS
ELMANO NÃO QUER RENAN CALHEIROS
VEREADORES
CASAL NO PARLAMENTO
CASAL NO PARLAMENTO
CRÍTICA
FÁBIO SÉRVIO CHAMA WELLINGTON DE “CARA DE PAU”
FÁBIO SÉRVIO CHAMA WELLINGTON DE “CARA DE PAU”
OPINIÃO
QUANDO A CONTRADIÇÃO ENFRAQUECE A RENOVAÇÃO
QUANDO A CONTRADIÇÃO ENFRAQUECE A RENOVAÇÃO