Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
O EXCESSO QUE ATRAPALHA

FIRMINO DEFENDE MUDANÇA DE POSTURA NA CLASSE POLÍTICA E CRITICA EXCESSO DE DISCUSSÕES QUE SÓ VISAM AS DISPUTAS ELEITORAIS

12/03/2019 15:43 - Atualizado em 12/03/2019 15:54

Tucano defende mais foco em gestão (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), voltou a criticar, nesta terça-feira (12), a constante antecipação das discussões sobre eleição no Piauí. Segundo ele, só se deve pensar em campanha política depois de cuidar dos problemas da população. Na visão do prefeito, discutir excessivamente o tema eleições prejudica qualquer desempenho administrativo.

"Para que a gente possa pensar em política, primeiro a gente tem que cuidar dos problemas da população e ter um bom desempenho no dia a dia da nossa cidade. Temos que deixar a política para o momento adequado. Acredito que a política discutida excessivamente, na realidade, ela faz é prejudicar o próprio desempenho administrativo", avaliou o tucano.

Firmino citou áreas como a educação e a saúde para explicar que o excesso de discussões de cunho político-eleitoral acaba por prejudicar os serviços e comprometer os resultados. Ele afirma que um gestor público é eleito para um mandato que deve ter começo, meio e fim e, por isso, qualquer administrador deve manter isso como foco.

Prefeito não quer antecipar disputa de 2020 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Quando se mistura muito, não é bom. Quando se faz política na educação, piora a educação. Quando se faz política na saúde, piora a saúde. É importante fazer a educação, continuar a construção de uma escola pública de qualidade para todos e deixar mais a política. É para isso que o gestor é eleito. Toda administração tem começo, meio e fim", explicou.

Para Firmino, esse tipo de agenda sempre voltada para a eleição seguinte é equivocada, o que leva gestores públicos a tomarem decisões também equivocadas. "A gente tem que reformar nossa própria agenda para a nossa realidade, para que a gente possa andar", disse.

Comentários (2130)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem: