Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DINHEIRO É EMPRESTADO E A VERGONHA É DE GRAÇA

OPINIÃO: MESMO COM VÁRIOS EMPRÉSTIMOS TOMADOS DURANTE SUAS GESTÕES, WELLINGTON DIAS NÃO CONSEGUE ALAVANCAR A INFRAESTRUTURA DO PIAUÍ

04/06/2019 23:18 - Atualizado em 04/06/2019 23:37

Wellington já virou meme por conta de empréstimos (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O governador Wellington Dias (PT) já ganhou a fama de tomador de empréstimos. É até motivo de memes e piadas em perfis de humor por conta dessa tomação de dinheiro emprestado. Deve-se deixar claro que um ente federado, estado ou município, pode sim conseguir recursos por meio de operações de crédito. Isso não é feio e nem tampouco sinal de incapacidade. Pelo contrário, esse tipo de operação pode servir e muito.

Tomar dinheiro emprestado acontece até mesmo com um cidadão que, eventualmente, pode precisar de um empréstimo para uma reforma em casa ou para abrir um negócio. Com equilíbrio, eficiência e planejamento, ele consegue quitar tudo e atingir os objetivos. Ocorre que isso não acontece com os empréstimos do Estado. A verdade é que eles têm dado resultados irrisórios e o Piauí segue combalido no tocante à execução de grandes obras.

É provável que muitos discordem dessa constatação, mas se formos analisar o montante de recursos adquiridos nos últimos anos com empréstimos, quase nada de tão impactante foi feito no Piauí. Algumas obras nunca foram terminadas e sempre são citadas quando o Estado alega a necessidade de empréstimos. Até parece que algumas obras nunca são concluídas justamente para que sempre sirvam de argumento para novas operações de crédito.

Se o governo tomasse esse tanto dinheiro emprestado, mas transformasse o Piauí num celeiro de obras em andamento, certamente ninguém criticaria as constantes contratações de empréstimo por parte do governador. É muito provável que ele também não virasse meme por causa desse tema. O problema é que os empréstimos são feitos e os problemas mais recorrentes e visíveis do Piauí continuam existindo e as obras não são terminadas.

Assim como todo empréstimo, esses feitos por Wellington Dias [e os que foram feitos por seus antecessores] terão que ser pagos com juros. A conta será paga pelo povo do Piauí. A maioria, além de não saber que paga essa conta, ainda por cima sofre com um Estado onde os grandes projetos de infraestrutura praticamente não existem. Nosso Piauí vive a passar vergonha em muitos aspectos, vários deles decorrentes justamente da pouca estrutura.

São vergonhas que o Piauí passa de graça enquanto paga por empréstimos que custam caro.

ANTERIOR

A PLACA DO MÃO SANTA

PRÓXIMA

“PARTIDO ESTARÁ UNIDO EM 2022”, DIZ CIRO