Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
OPINIÃO
O CÃOZINHO DOS TECLADOS NA CENA POLÍTICA DO PI

CONSAGRADO NACIONALMENTE COMO CANTOR, FRANK AGUIAR QUER DISPUTAR CARGO ELETIVO NO PIAUÍ E JÁ DESPERTA ASSÉDIO DE POLÍTICOS

03/06/2018 12:41 - Atualizado em 03/06/2018 13:08

Frank volta à política, agora pelo estado do Piauí (Foto: Reprodução/Site Oficial)

Não é de agora que se fala na possibilidade do cantor Frank Aguiar disputar um cargo eletivo pelo estado do Piauí. Conversas nesse sentido existem há muito tempo, inclusive em eleições anteriores. No entanto, a ideia ganhou força desde que ele transferiu seu domicílio eleitoral para o Piauí em 2015, quando ainda exercia o segundo mandato de vice-prefeito da cidade de São Bernardo do Campo, na grande São Paulo.

Francineto Luz de Aguiar, natural de Itainópolis, no sertão piauiense, deixou a terra natal rumo a São Paulo em 1992 e conseguiu projeção nacional como cantor, fama que também o levou para a política. Em 2006, concorreu ao cargo de deputado federal por São Paulo e se elegeu com quase 145 mil votos. Dois anos mais tarde, em 2008, foi eleito vice-prefeito de São Bernardo do Campo na chapa encabeçada por Luiz Marinho (PT), cargo para o qual seria reeleito em 2012.

Em 2014, tentou voltar à Câmara Federal, mas obteve a pífia votação de 26.013 votos, não conseguindo se eleger. Na época, o artista atribuiu a derrota à falsas denúncias que desgastaram sua candidatura na reta final da campanha. Desde então, Frank tem se reaproximado cada vez mais do Estado natal e mesmo após a decepção do último pleito, pretende voltar a concorrer. Filiado ao PRB, ele está disposto a ir para a disputa.

Frank já disse que quer se candidatar e o partido está muito empolgado com o nome dele. O espaço colocado pelo PRB é uma pré-candidatura ao Senado, mas o artista também analisa convite para ser candidato a vice-governador de Elmano Férrer (Podemos). Consagrado na música, há quem duvide do potencial do cantor numa eventual candidatura no Piauí. No entanto, o nome de Frank Aguiar não pode ser menosprezado.

Fama como cantor ainda é trunfo para a política (Foto: Reprodução/Site Oficial)

Da mesma forma que muitos duvidaram do potencial artístico quando ele tentava o sucesso no início dos anos 90 em São Paulo, também não se deve duvidar da aventura de Frank na política piauiense. Querendo ou não, o carisma que ele conseguiu como artista deve ser levado em conta como fator ainda capaz de conquistar votos nos rincões piauienses, principalmente num momento em que a maioria dos velhos nomes da política está totalmente desacreditada.

É verdade que Frank não é uma novidade na política, visto que já ocupou cargo eletivo por São Paulo. Mas no Piauí, uma candidatura dele ainda pode ser encarada, em certo grau, como algo novo. A presença de Frank Aguiar num mercado público, numa feira livre, entrando em pequenos comércios nas cidades pacatas do interior ou discursando numa praça ainda é capaz de causar um certo “frisson” em muitas pessoas. De algum modo, a fama como artista, aliada a um discurso bem articulado, rende votos.

Na capital do estado, a presença de um artista ou figura conhecida nacionalmente não causa mais tanto impacto ou admiração, principalmente em jornalistas, empresários ou políticos, já acostumados com esse tipo de contato. No entanto, nas pequenas cidades do interior, em povoados de zona rural ou lugarejos longínquos, a história é diferente. Não é todo dia que se tem um artista que a pessoa só via pela televisão entrando na sua quitanda, subindo na carroceria da sua caminhonete C-10 ou adentrando à sua casa.

Não se trata aqui de dizer que Frank Aguiar é ou não é um nome bom como político, mas sim de avaliar que, do ponto de vista eleitoral, uma candidatura do cantor reúne elementos capazes de fazê-lo viável nesta eleição. No segmento artístico, o piauiense já provou para o país que não se deve menosprezá-lo. Na política piauiense, ele pode até não conseguir êxito nas suas pretensões, mas, de antemão, o menosprezo é uma palavra que deve ser evitada.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
PELO PSOL
ADVOGADO DE VALENÇA VAI TENTAR VAGA NA ALEPI
ADVOGADO DE VALENÇA VAI TENTAR VAGA NA ALEPI
DEPUTADO
O PEDAGOGO NO PARLAMENTO
O PEDAGOGO NO PARLAMENTO
NA ASSEMBLEIA
PROFESSORES E MEMBROS DA IMPRENSA AGREDIDOS
PROFESSORES E MEMBROS DA IMPRENSA AGREDIDOS
PROTESTO
GEORGIANO NETO É HOSTILIZADO POR PROFESSORES
GEORGIANO NETO É HOSTILIZADO POR PROFESSORES