Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
COM LULA E DIAS NO PODER, PT SÓ ELEGEU 7 PREFEITOS NO PIAUÍ EM 2004

PARTIDO FICOU NA NONA POSIÇÃO NO RANKING DE PREFEITOS ELEITOS NO PIAUÍ EM 2004, QUANDO LULA E WELLINGTON DIAS JÁ ESTAVAM NO PODER

24/05/2020 10:43 - Atualizado em 24/05/2020 19:51

O então presidente Lula e Wellington Dias no Piauí em 2005 (Foto: Ricardo Stuckert)

O ano era 2004. Lula estava no segundo ano do seu primeiro governo. No Piauí, o petista Wellington Dias já ocupava o Palácio de Karnak. Mas o resultado das eleições municipais daquele ano não colocou a sigla entre as legendas mais expressivas no comando de prefeituras.

Ao final da apuração dos votos, o Partido dos Trabalhadores só elegeu sete prefeitos no universo de 223 municípios piauienses [número da época]. A decepção foi ainda maior porque os candidatos do partido ou apoiados por ele perderam em duas cidades consideradas simbólicas naquele pleito: Guaribas e Acauã, no semiárido do Estado.

Guaribas e Acauã foram as cidades escolhidas pelo governo Lula como laboratório na implantação do Programa Fome Zero, lançado em janeiro de 2003 como principal iniciativa da gestão petista na área social. As cidades se tornaram conhecidas no país.

Quase dois anos depois, quando o PT já fazia propaganda dizendo que havia mudado a realidade nos dois municípios piauienses, seus candidatos perderam a eleição nas duas cidades. Mesmo usando o nome de Lula e Wellington, acabaram derrotados.

Em Guaribas, a então prefeita e candidata a reeleição Elienes dos Anjos (PT) perdeu para Ercílio Matias (PMDB). Foram quatro votos de diferença que sacramentaram a derrota. Elienes havia assumido o mandato em 2003 pelo PMDB após a cassação do então prefeito Reginaldo Correia, mas trocou o partido pelo PT naquele mesmo ano. Na tentativa de reeleição ela tinha até mesmo o apoio do PSDB, mas ainda assim perdeu a reeleição.

Guaribas foi símbolo da gestão de Lula e do PT (Foto: Reprodução/G1)

Na época, o então presidente do PT no Piauí, deputado estadual João de Deus, atribuiu a derrota em Guaribas à compra de votos. “Na véspera da eleição, houve um derramamento de dinheiro e o que prevaleceu foi a compra de votos e não a política do PT”, justificou.

Em Acauã, o PT apoiou o então candidato Dedé de Flor, do PMDB, que também perdeu. O PT só venceu as eleições em São Pedro do Piauí, São João da Varjota, São João do Arraial, Joaquim Pires, Sebastião Leal, Nossa Senhora dos Remédios e Nova Santa Rita.

Naquele ano, o PFL, partido que fazia forte oposição a Lula e Wellington, elegeu a maior quantidade de prefeitos e vereadores no Piauí. Foram 59 prefeitos e 372 vereadores. O PMDB (hoje MDB) elegeu 44 prefeitos e o PSDB fez 33 gestores municipais.

O PT ficou apenas na nona posição em número de prefeitos no Piauí. Hoje deputado estadual, o petista Francisco Limma foi um dos prefeitos eleitos pelo partido, tendo vencido a eleição em São João do Arraial, no Norte do Piauí, com apoio do PFL e do PSDB. 

Em Nova Santa Rita, a petista Aldeniza Altina Reis teve o mandato cassado pelo TRE-PI e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na campanha de 2004, entre outros crimes, ela fez a entrega de uma ambulância doada pelo Governo Federal em um comício eleitoral.

Apesar do pequeno número de prefeitos eleitos, o PT de 2004 cresceu em relação às eleições municipais de 2000, quando não havia elegido nenhum prefeito no Piauí. 

POLÍTICA DA BOA VIZINHANÇA

É preciso destacar um aspecto no fato de o PT ter elegido, mesmo com Lula e Wellington no poder, apenas sete prefeitos em 2004. Wellington havia sido eleito governador dois anos antes, em 2002, apoiado por segmentos importantes do PMDB e algumas legendas menores, surpreendendo o esquema liderado por Hugo Napoleão, então do PFL. 

Em 2004, já com a caneta na mão, o petista tinha ampliado sua base de apoio com a adesão de políticos de vários partidos, como PTB, PSB, PDT e outros, inclusive lideranças estaduais oriundas do próprio PFL. Assim, Wellington não quis mexer nos esquemas partidários de apoiadores nos municípios, já visando sua reeleição em 2006. 

Com isso, apoiou nomes de vários partidos nas campanhas municipais pelo interior do Piauí. Apesar de o PT naquela época ainda ter pouca incidência no interior, esse fato justifica, em parte, a eleição de apenas sete prefeitos pelo partido do governador.

ANTERIOR

COM SUSPEITA DE COVID-19, BOLSONARO CANCELA VIAGENS

PRÓXIMA

VERDADE DITA POR KLEBER MONTEZUMA