Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
NA SESSÃO QUE AFASTOU LUCIANO, TCE-PI APROVOU CONTAS DE REJANE

MESMO COM PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO APONTANDO VÁRIAS IRREGULARIDADES, TRIBUNAL APROVOU CONTAS DE REJANE DIAS

10/07/2020 10:18 - Atualizado em 10/07/2020 10:47

Primeira-dama Rejane Dias teve contas aprovadas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

Na mesma sessão em que o Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) aprovou um pedido do governador Wellington Dias (PT) para afastar o conselheiro Luciano Nunes dos julgamentos que envolvem ele, a mulher dele e o Finisa, o Tribunal julgou outro caso. 

A Corte rejeitou um recurso do Ministério Público de Contas que pedia a modificação do julgamento que aprovou as contas de Rejane Dias (PT) de quando ela era secretária de Educação do Piauí, no exercício de 2016, período já investigado pela Operação Topique, da Polícia Federal. O Ministério Público apontou uma série de irregularidades nas contas dela.

Entre as irregularidades estavam: finalização de licitação fora do prazo, pagamento de diárias como forma de remuneração de servidores, pagamento de R$ 140 mil em diárias sem dizer quem eram os beneficiários, ausência de recolhimento de contribuição previdenciária, irregularidades no aluguel de veículos e contratação de empresa considerada inidônea.

MPC queria reprovação, mas TCE-PI aprovou contas (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

Apesar de tudo, o recurso do Ministério Público de Contas não foi acatado e as contas de Rejane foram aprovadas. Ela e Wellington festejaram em dose dupla.

ANTERIOR

REJANE DIAS TESTA POSITIVO PARA COVID-19

PRÓXIMA

OPOSIÇÃO NA CRÍTICA E NA PRÁTICA