Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MINISTRO VETA APADRINHADO DE CIRO NOGUEIRA

SEGUNDO A VEJA, SENADOR PIAUIENSE QUERIA EMPLACAR SEU EX-CHEFE DE GABINETE NO COMANDO DO FNDE, ÓRGÃO COM ORÇAMENTO DE R$ 58 BILHÕES

07/05/2020 10:46 - Atualizado em 07/05/2020 11:05

Ciro queria emplacar seu ex-chefe de gabinete (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O ministro da Educação Abraham Weintraub vetou o nome de um apadrinhado do senador Ciro Nogueira (Progressistas) para o comando do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As informações são da Veja e foram repercutidas pelo site O Antagonista.

De acordo com a publicação, "estava tudo combinado e acertado com o Centrão para que um cupincha da banda fisiológica do Congresso, apadrinhado por Ciro Nogueira, do PP, assumisse o comando do FNDE, que administra orçamento de R$ 58 bilhões". 

Ainda conforme a publicação, o indicado de Ciro era seu ex-chefe de gabinete, Marcelo Lopes da Ponte. No entanto, o polêmico ministro da Educação não quis nem saber.

CENTRÃO NO GOVERNO

Na quarta-feira (6), o primeiro nome do Centrão foi nomeado por Bolsonaro. Indicado de Ciro Nogueira e Arthur Lira, ambos do PP e réus na Lava Jato, o pernambucano Fernando Marcondes Leão assumiu a direção do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs).

Notícias relacionadas
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR
PREFEITO REDUZ SALÁRIO DE PROFESSORES CONTRATADOS EM 35%
PREFEITO REDUZ SALÁRIO DE PROFESSORES CONTRATADOS EM 35%
LULA MANDA BOLSONARO FAZER SOPA DE CLOROQUINA
LULA MANDA BOLSONARO FAZER SOPA DE CLOROQUINA
“FUXICO NÃO VAI NOS SEPARAR”
“FUXICO NÃO VAI NOS SEPARAR”