Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MARDEN MENEZES PROPÕE TÍTULO DE CIDADANIA PARA WESLEY SAFADÃO

DEPUTADO ESTADUAL JUSTIFICA QUE SAFADÃO TEM FALADO BEM DO PIAUÍ LÁ FORA E QUE ELE CONHECE AS RAÍZES DO POVO PIAUIENSE

15/02/2020 12:44 - Atualizado em 15/02/2020 14:24

Marden quer tornar Safadão cidadão piauiense (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) quer conceder título de cidadania piauiense para o cantor Wesley Safadão. O projeto de decreto legislativo foi apresentado pelo parlamentar na última quinta-feira (13) na Assembleia Legislativa do Piauí.

Em pronunciamento no plenário, Marden argumentou que Safadão tem divulgado, promovido e falado bem do Piauí lá fora. Ainda conforme o deputado, Safadão é nordestino como os piauienses, conhece as raízes do povo do Piauí e tem identificação com o estado.

"Nós entendemos como oportuno homenagear esse artista da música popular brasileira, nordestino como nós, que conhece as nossas raízes e que tem enorme identificação com o estado do Piauí", enfatizou Marden em fala no plenário da Assembleia.

Marden Menezes com Wesley Safadão em Piripiri (Foto: Reprodução/Internet)

Wesley Oliveira da Silva, o Wesley Safadão, é natural de Fortaleza, no Ceará. O cantor tem 31 anos. Em 2018, Safadão foi a grande atração do Pirifolia, na cidade de Piripiri, terra natal de Marden Menezes. Na ocasião, o deputado posou para foto com o artista.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
VEREADORES DIZEM QUE VÃO SEGUIR O PARTIDO
VEREADORES DIZEM QUE VÃO SEGUIR O PARTIDO
EVALDO DIZ QUE NÃO TINHA COMO CRESCER NA BASE DE FIRMINO
EVALDO DIZ QUE NÃO TINHA COMO CRESCER NA BASE DE FIRMINO
FLÁVIO NOGUEIRA DESTACA PROJETOS PARA FORTALECER COMBATE À COVID-19
FLÁVIO NOGUEIRA DESTACA PROJETOS PARA FORTALECER COMBATE À COVID-19
OPOSIÇÃO VAI PEDIR ADIAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA
OPOSIÇÃO VAI PEDIR ADIAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA