Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
BASE ALIADA
MARCELO CASTRO: “MDB ESPERA SER ATENDIDO 100%”

DEPUTADO FEDERAL E PRESIDENTE DA SIGLA INFORMA QUE SE O PLEITO NÃO FOR ATENDIDO DE FORMA INTEGRAL, PARTIDO VAI SENTAR PARA ANALISAR

04/06/2018 13:05 - Atualizado em 04/06/2018 13:24

Marcelo diz que MDB só quer o que é lógico (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal Marcelo Castro (MDB) afirmou nesta segunda-feira (4) que o seu partido espera ser atendido pelo governador Wellington Dias (PT) em 100% do que deseja. Ele explica que a sigla só pleiteia duas coisas lógicas e racionais: indicar a vaga de vice-governador e integrar um chapão com todos os partidos da base juntos na disputa para deputado estadual. Castro não gosta do nome chapão e prefere usar a expressão “chapa única”.

O presidente regional do MDB revelou que a expectativa do partido é ter os dois pleitos atendidos e espera uma posição do governador. Marcelo evita falar na possibilidade de rompimento que tem sido muito especulada nos bastidores, mas admite que se as pretensões do partido não forem atendidas integralmente, a cúpula emedebista vai sentar para analisar. “Se o governador disser: ‘MDB, tentei ao máximo, mas só pude atender 50%’, então nós vamos sentar e analisar”, explicou o deputado.

Marcelo contou que a formação da chapa proporcional no modelo “chapa única” não foi colocada como condição para o partido aderir ao governo de Wellington Dias (PT) no início de 2017, mas que os emedebistas cobram essa montagem. O deputado federal é categórico ao dizer que as pretensões do MDB em querer a vice e o chapão não são nada que possa ser considerado audacioso ou exagerado, como dizem alguns aliados do PT.

“O MDB, de maneira muito clara, de maneira muito transparente, vem dizendo em todas as vezes que nós somos entrevistados, que participa do governo Wellington Dias, que tem compromisso administrativo e político com o Wellington, de ajudar a administrar o Estado e ajudar a elegê-lo agora em 2018. Dentro dessa conjuntura, o MDB tem duas reivindicações: pleiteia, em primeiro lugar, participar da chapa proporcional, que nós defendemos que seja uma chapa única. E, em segundo lugar, pleiteia a vaga de vice para o deputado Themístocles. Essa é a posição clara e inequívoca do MDB”, reafirmou.

O presidente do MDB garante que se os partidos da base saírem unidos será melhor para todo mundo, inclusive para o PT, partido que pretende sair em chapa pura. “Cada um usa os seus argumentos. Nós usamos o argumento da eficiência eleitoral. Por que o MDB reivindica e luta pela chapa única? Porque nós, com toda certeza, faremos um deputado federal a mais e dois a três deputados estaduais a mais com a mesma quantidade de votos. Não é tendo mais votos, é com a mesma quantidade. Não seria lógico a gente deixar de defender uma estratégia eleitoral que é benéfica a todo o conjunto”, falou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
NA ASSEMBLEIA
PROFESSORES E MEMBROS DA IMPRENSA AGREDIDOS
PROFESSORES E MEMBROS DA IMPRENSA AGREDIDOS
PROTESTO
GEORGIANO NETO É HOSTILIZADO POR PROFESSORES
GEORGIANO NETO É HOSTILIZADO POR PROFESSORES
REVOLTA
THEMÍSTOCLES É CERCADO E HOSTILIZADO NA ALEPI
THEMÍSTOCLES É CERCADO E HOSTILIZADO NA ALEPI
PROFESSORES
REVOLTA, TUMULTO E CONFUSÃO NA ASSEMBLEIA
REVOLTA, TUMULTO E CONFUSÃO NA ASSEMBLEIA