Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MAINHA AGUARDA O FIM DO ANO CHEGAR

SUPLENTE DE DEPUTADO FEDERAL AGUARDA OPORTUNIDADE DE ASSUMIR MANDATO NA CÂMARA FEDERAL CONFORME ESPERANÇA DADA POR WELLINGTON

17/06/2019 14:26 - Atualizado em 17/06/2019 14:43

Mainha vive expectativa de assumir mandato (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Ainda estamos no mês de junho, mas o suplente de deputado federal Maia Filho, o Mainha (Progressistas), aguarda a chegada do fim do ano. É que segundo ele o governador Wellington Dias (PT) lhe deu esperanças de chamar algum deputado federal para o governo estadual e abrir espaço para a convocação dele na Câmara Federal no fim do ano. Mainha ressaltou que não foi um acordo, mas que o Wellington comunicou a ele a possibilidade disso acontecer.

"Ele nos comunicou que existe essa possibilidade, mas não nos adiantou de que forma seria. Até o final do ano ele me colocou que existe a possibilidade. Não há nenhum compromisso por parte dele quanto a isso, mas nós aguardamos com tranquilidade e naturalmente o que acontecer, nós estamos aptos a assumir", falou Mainha nesta segunda-feira (17).

No começo do ano, o suplente levou um "balão" de Wellington na nomeação do secretariado. Mainha havia sido indicado pelo Progressistas para a Secretaria do Meio Ambiente (Semar), mas quem ficou com o cargo foi Sádia Castro, irmã da deputada federal Margarete Coelho. O episódio causou bastante desconforto dentro do Progressistas e no próprio Mainha.

Agora, ele espera mais uma vez. Como bem fez questão de destacar, não existe um acordo, mas não se pode negar que Wellington alimentou a esperança de Mainha. A esperança, como todos sabem, é a última que morre, mesmo que esse ditado seja de difícil aplicação quando se trata de promessas do governador. Então, vamos aguardar o fim do ano chegar.

Notícias relacionadas
“FUXICO NÃO VAI NOS SEPARAR”
“FUXICO NÃO VAI NOS SEPARAR”
NOVO HOSPITAL DE PICOS: UMA DÉCADA DE DESCASO
NOVO HOSPITAL DE PICOS: UMA DÉCADA DE DESCASO
DOIS CONTRATOS, A MESMA EMPRESA, O MESMO LOCAL
DOIS CONTRATOS, A MESMA EMPRESA, O MESMO LOCAL
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO