Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
LIVRO SOBRE HUMANISMO JURÍDICO SERÁ LANÇADO NESTA SEGUNDA-FEIRA

PIAUIENSE BRUNO ROCHA É UM DOS COORDENADORES DA OBRA QUE FOCA NOS DIREITOS FUNDAMENTAIS

04/10/2020 22:08 - Atualizado em 04/10/2020 22:22

Advogado piauiense Bruno Frota da Rocha é um dos coordenadores da obra jurídica

Será lançado nesta segunda-feira (5) o livro “Direitos Fundamentais sob a ótica do Humanismo Jurídico”. A obra, publicada pela tradicional Editora Dialética, de São Paulo, tem entre os coordenadores o piauiense Bruno Frota da Rocha, que é advogado da União com atuação na Controladoria Geral da União (CGU). 

O livro é resultado das discussões de um grupo de alunos do mestrado em Direito e Políticas Públicas do UniCEUB, em Brasília, na disciplina ministrada pelo ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto. Por isso, a obra é também uma homenagem ao jurista.

O lançamento será às 19h desta segunda-feira, de maneira virtual em razão das limitações do período de pandemia. A obra é composta de 10 artigos que tratam de temas relacionados aos Direitos Fundamentais na perspectiva do Humanismo Jurídico. 

“É antes de tudo uma obra de reflexão plural”, explica Bruno Rocha, que coordena o volume junto com Acássia Regina de Sá e Tatiana Reinehr de Oliveira. O trabalho conta ainda com artigos de Antônio Henrique Santos Resende, Diógenes Luís da Silva Filho, Ivan de Mendonça Filho, Jucelaine Angelim Barbosa, Luciana de Oliveira Ramos, Miriam Sasaki França e Oriane Graciani de Souza.

Sobre a homenagem a Carlos Ayres Britto, os coordenadores do livro ressaltam a qualidade intelectual do ex-ministro do STF, que sempre se diferenciou por agregar à robusta base jurídica uma alta sensibilidade humana. “As qualidades de Ayres Britto já são conhecidas. Como ministro do STF teve destacada projeção, o que permitiu ao Brasil conhecer aquele sergipano da pacata Propriá e sua qualidade como jurista. Um jurista diferenciado, culto nas letras (não apenas jurídicas). A paixão pela poesia logo lhe rendeu a denominação de ‘juiz-poeta’. Uma qualificação que mostra a razão do sucesso no meio jurídico”, destaca a apresentação da obra.

O lançamento poderá ser acompanhado pela internet.

Comente!

ANTERIOR

DEPUTADO JÚLIO CÉSAR VIRA “META ELEITORAL” EM CURRAL NOVO DO PIAUÍ

PRÓXIMA

JOÃO PEREIRA DEFENDE INCENTIVO NA CONTRATAÇÃO DE JOVENS PARA 1º EMPREGO