Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
EX-GOVERNADOR
HUGO DIZ QUE GOVERNADOR PRECISA TER GARRA

DE ACORDO COM O EX-GOVERNADOR, É PRECISO PARAR COM A IDEIA DE QUE O PIAUÍ É UM ESTADO POBRE E PENSAR GRANDE PARA MUDAR SUA REALIDADE

11/10/2017 12:18 - Atualizado em 11/10/2017 12:33

Napoleão afirma que é preciso pensar grande (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O ex-governador Hugo Napoleão (PSD) falou na terça-feira (10) sobre o atual momento de dificuldades vivido pelo estado do Piauí. Na visão dele, o próximo governador precisa ser um homem de garra, dinamismo e acima de tudo, otimista para pensar grande. Hugo participou do encontro com ex-governadores na Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi).

“Dinamismo, garra e otimismo. [O próximo governador] não pode ser pra baixo. Tem que largar de dizer que somos pobres, coitadinhos. Não é nada disso. O Piauí é um estado pujante, rico, com metade da água de subsolo do Nordeste, sol o ano inteiro, com terras que se prestam, inclusive, para responder pela evicção de direitos. Vamos fazer esse Piauí ser pujante, crescer e se desenvolver, assim como já está acontecendo nos Cerrados”, disse.

Ele lembrou de alguns feitos das suas gestões e disse que os atuais governos também precisam fazer obras marcantes. “Qual é a marca que eu deixei? Deixei, por exemplo, uma marca na educação. A Uespi foi criada por mim, com 1.500 salas de aula, professores e funcionalismo muito bem pagos. Pode perguntar aos fazendários, ao setor de educação, setor de saúde. O Hemopi também foi criado por mim. O Hospital Infantil quando fui ministro, o Hospital Universitário, a telefonia celular e daí por diante”, disse.

Hugo Napoleão lembrou que nunca foi ligado ao governador Wellington Dias (PT), embora tenha “relações pessoais” com o petista. O ex-governador disse que o atual momento é ruim, mas que é necessário ser otimista para superá-lo. Napoleão foi governador do Piauí de 1983 a 1986 e de novembro de 2001 a dezembro de 2002. Ele também já foi deputado federal, senador, ministro da Educação, ministro das Telecomunicações e da Cultura.

Após não conseguir se reeleger deputado federal em 2014, ele tem afirmado que não existe a intenção de voltar a disputar cargo eletivo. O Política Dinâmica procurou o governo do Estado para comentar a fala do ex-governador. Em resposta, a administração estadual disse que não fala sobre as declarações, mas "encara como natural os comentários do ex-governador".

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
OBRAS
CASTRO NETO: O PÉ QUENTE
CASTRO NETO: O PÉ QUENTE
EX-PETISTA
NO PIAUÍ, EDUARDO JORGE CHAMA LULA DE DESESPERADO E EXTREMADO
NO PIAUÍ, EDUARDO JORGE CHAMA LULA DE DESESPERADO E EXTREMADO
NO PIAUÍ
“CONVIVÊNCIA INSALUBRE”, DIZ EDUARDO JORGE SOBRE PRESIDENCIÁVEIS
“CONVIVÊNCIA INSALUBRE”, DIZ EDUARDO JORGE SOBRE PRESIDENCIÁVEIS
AFIRMAÇÃO
PETISTA DIZ QUE NÃO DEIXARAM FHC SALVAR O PAÍS DA CRISE ATUAL
PETISTA DIZ QUE NÃO DEIXARAM FHC SALVAR O PAÍS DA CRISE ATUAL