Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
FÁBIO NOVO DIZ QUE FALTA CORAGEM NA ALEPI PARA ENFRENTAR THEMÍSTOCLES

DEPUTADO PETISTA CRITICA ELEIÇÕES SEGUIDAS DE THEMÍSTOCLES FILHO PARA PRESIDÊNCIA DA ASSEMBLEIA E PROMETE APRESENTAR PEC

08/12/2020 14:04 - Atualizado em 08/12/2020 14:15

Fábio Novo votou a favor, mas fez crítica (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado estadual Fábio Novo (PT) votou nesta terça-feira (8) a favor da nona eleição seguida de Themístocles Filho (MDB) para presidência da Assembleia Legislativa do Piauí. Porém, criticou a perpetuação do cacique emedebista no comando da Casa e disse que infelizmente faltou coragem na Assembleia para lançar um concorrente na disputa.

“Infelizmente não temos outra candidatura. Eu sempre coloquei que o ideal é que nós tivéssemos a renovação. Mas faltou coragem da casa para apresentar um nome. Nada contra o presidente Themístocles, mas no meu entendimento, se tivéssemos a oportunidade, teria que ter renovação. Mas não houve nenhum candidato, não houve nenhum deputado que se apresentasse para colocar seu nome à disposição”, explicou.

PEC PARA ACABAR COM REELEIÇÃO

O deputado petista afirmou que é favor da reeleição apenas uma vez, como está na Constituição Federal. Para isso, disse que vai apresentar uma proposta de emenda constitucional estadual para proibir as reeleições sucessivas e evitar a perpetuação.

“Eu vou trabalhar para a gente apresentar agora uma emenda constitucional proibindo a reeleição. Vamos ver se a gente consegue as assinaturas necessárias aqui. Eu vou apresentar uma emenda constitucional”, informou.

Ao longo dos últimos 16 anos, Fábio Novo foi um dos poucos que teve coragem de disputar com Themístocles o comando da Assembleia. A disputa entre eles aconteceu em 2015 e foi bastante acirrada. Themístocles teve 16 votos, contra 14 de Novo.

PALAVRAS NÃO CUMPRIDAS

Em diversas ocasiões, Themístocles afirmou que seria a última vez a disputar a presidência da Assembleia. A última promessa foi em janeiro de 2019. Na ocasião, ele prometeu que não disputaria mais se fosse eleito. Porém, mais uma vez não cumpriu. Com a eleição desta terça-feira (8), ele garante 18 anos seguidos no comando do Legislativo Estadual.

Gustavo Almeida

Gustavo Almeida

Jornalista.

Comente!

ANTERIOR

AO POLÍTICA DINÂMICA, MINHA GRATIDÃO!

PRÓXIMA

WELLINGTON DIZ QUE SOLTURA DE PRESOS NA PANDEMIA FEZ AUMENTAR VIOLÊNCIA