Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
FÁBIO ABREU: O CANDIDATO QUE ENCOLHEU

RESULTADO DA ELEIÇÃO MUNICIPAL EM TERESINA DEIXA CANDIDATO DO PL NA QUINTA COLOCAÇÃO, BEM LONGE DOS PRIMEIROS COLOCADOS

15/11/2020 23:43 - Atualizado em 15/11/2020 23:51

Fábio Abreu ficou longe de ir para o 2º turno (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Deputado federal mais votado de Teresina em 2014 e em 2018. Esses números positivos do capitão Fábio Abreu (PL) nas suas duas eleições para a Câmara Federal fizeram ele se credenciar para disputar a prefeitura da capital em 2020. Começou a campanha na segunda colocação, perto do primeiro colocado, mas viu sua candidatura encolher.

Mesmo com a estrutura da segurança pública a seu favor, Abreu não conseguiu subir nas pesquisas e, para piorar, caiu vertiginosamente. Findado o primeiro turno da eleição, o deputado federal ficou numa constrangedora quinta colocação com 29.037 votos, o equivalente a apenas 7,02% dos votos. Nem os seus maiores críticos previam um cenário desses.

Bem distante dos primeiros colocados, o capitão viu o segundo turno passar muito longe. Abreu termina a eleição ultrapassado pela jovem Gessy Fonseca (PSC), que surpreendeu ao ficar na terceira colocação com 50 mil votos, e pelo petista Fábio Novo, que terminou em quarto.

Os graves problemas na segurança pública, sobretudo em Teresina, parecem ter sido cruciais para a queda de Abreu. Até bem pouco tempo ele comandava a Secretaria de Segurança do Piauí. Saiu da pasta justamente para ser candidato a prefeito, mas deixou um indicado no cargo.

Existem candidatos que, mesmo perdendo, saem de uma eleição maiores do que entraram. Porém, esse não é o caso do capitão Fábio Abreu. Muito pelo contrário.

Comente!

ANTERIOR

CONFESSARAM NO PALANQUE E PERDERAM NAS URNAS

PRÓXIMA

MOSQUITO, PITCHULA, HULK: OS POUCOS ‘ENGRAÇADOS’ QUE SE ELEGERAM NO PIAUÍ