Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
FÁBIO ABREU: O CANDIDATO QUE ENCOLHEU

RESULTADO DA ELEIÇÃO MUNICIPAL EM TERESINA DEIXA CANDIDATO DO PL NA QUINTA COLOCAÇÃO, BEM LONGE DOS PRIMEIROS COLOCADOS

15/11/2020 23:43 - Atualizado em 15/11/2020 23:51

Fábio Abreu ficou longe de ir para o 2º turno (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Deputado federal mais votado de Teresina em 2014 e em 2018. Esses números positivos do capitão Fábio Abreu (PL) nas suas duas eleições para a Câmara Federal fizeram ele se credenciar para disputar a prefeitura da capital em 2020. Começou a campanha na segunda colocação, perto do primeiro colocado, mas viu sua candidatura encolher.

Mesmo com a estrutura da segurança pública a seu favor, Abreu não conseguiu subir nas pesquisas e, para piorar, caiu vertiginosamente. Findado o primeiro turno da eleição, o deputado federal ficou numa constrangedora quinta colocação com 29.037 votos, o equivalente a apenas 7,02% dos votos. Nem os seus maiores críticos previam um cenário desses.

Bem distante dos primeiros colocados, o capitão viu o segundo turno passar muito longe. Abreu termina a eleição ultrapassado pela jovem Gessy Fonseca (PSC), que surpreendeu ao ficar na terceira colocação com 50 mil votos, e pelo petista Fábio Novo, que terminou em quarto.

Os graves problemas na segurança pública, sobretudo em Teresina, parecem ter sido cruciais para a queda de Abreu. Até bem pouco tempo ele comandava a Secretaria de Segurança do Piauí. Saiu da pasta justamente para ser candidato a prefeito, mas deixou um indicado no cargo.

Existem candidatos que, mesmo perdendo, saem de uma eleição maiores do que entraram. Porém, esse não é o caso do capitão Fábio Abreu. Muito pelo contrário.

Gustavo Almeida

Gustavo Almeida

Jornalista.

Comente!

ANTERIOR

AO POLÍTICA DINÂMICA, MINHA GRATIDÃO!

PRÓXIMA

WELLINGTON DIZ QUE SOLTURA DE PRESOS NA PANDEMIA FEZ AUMENTAR VIOLÊNCIA