Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
FILIAÇÕES
É O FIRMINO QUE DECIDE!

VEREADORES DA BASE ALIADA DO PREFEITO ANALISAM CONVITES DE VÁRIOS PARTIDOS, MAS CONDICIONAM DECISÃO À PALAVRA FINAL DO PREFEITO

05/12/2018 15:29 - Atualizado em 05/12/2018 16:05

Vereadores condicionam decisão ao prefeito (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica)

Na Câmara Municipal de Teresina não cessam as notícias sobre vereadores que vão mudar de partido. Boa parte dos parlamentares vai buscar uma nova legenda depois que seus partidos não atingiram votação suficiente em 2018 para superar a cláusula de barreira. Apesar dos convites e das especulações, a decisão que a maioria deles vai tomar depende do prefeito Firmino Filho (PSDB). Isso, claro, em relação aqueles da base aliada.

Os próprios vereadores é que revelam essa condicionante. O vereador Neto do Angelim (PSDC), por exemplo, já recebeu convites de siglas como PR e PDT. Ele disse que analisa vários convites, mas pondera que por enquanto está na fase de ouvir e ressalta que o prefeito vai participar “de forma direta” nesse processo. Ao ser questionado pelo Política Dinâmica, ele foi bem franco ao dizer que a opinião do prefeito será decisiva no rumo que ele vai tomar.

"A gente acredita [que a opinião do prefeito será decisiva], porque matematicamente ele sempre ajudou nessa soma de como formar [...] Então estamos vendo aí a melhor opção, também continuar na base e seguir marchando com ele na prefeitura", justificou.

Exatamente como um aluno comportado, Neto do Angelim vai obedecer o prefeito (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

De acordo com Neto do Angelim, nessa mesma situação estão os vereadores Gustavo de Carvalho e Fábio Dourado, ambos do Patriota, e Pedro Fernandes (PRP). Esses parlamentares também terão que mudar de partido por conta do desempenho insuficiente das suas atuais legendas nas eleições deste ano para superar a cláusula de barreira.

Outra que também vai buscar um novo abrigo é a vereadora Graça Amorim (PMB), líder do prefeito na Câmara Municipal. Ela recebeu convites de alguns partidos, entre eles o Progressistas, legenda em que seu irmão, o deputado estadual Hélio Isaías, é filiado. A vereadora afirma que recebeu convite do próprio presidente nacional Ciro Nogueira, mas também ressaltou que vai ouvir a opinião do prefeito Firmino antes de decidir.

Graça também vai ouvir opinião de Firmino (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Eu recebi o convite do próprio presidente nacional. É claro que é um atrativo. Mas nós vamos ouvir o prefeito Firmino Filho também", frisou a vereadora.

Diante do que dizem os próprios vereadores, quem vai dar as cartas em boa parte filiações é o prefeito da capital. Portanto, a decisão na maioria dos casos partirá do Palácio da Cidade. Quem for fazer convite aos vereadores da base de Firmino, que o faça sabendo disso.

Comentários (7)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
REGULAMENTAÇÃO
FIRMINO CONDENA MENTIRAS CONTRA PL DO UBER
FIRMINO CONDENA MENTIRAS CONTRA PL DO UBER
ALFINETADA
PARA CIRO, MDB QUER O IMPOSSÍVEL
PARA CIRO, MDB QUER O IMPOSSÍVEL
ASSEMBLEIA
“SE TIVER DISPUTA, HAVERÁ RANHURAS”, AVISA CASTRO
“SE TIVER DISPUTA, HAVERÁ RANHURAS”, AVISA CASTRO
DISPUTA NA BASE
CIRO DIZ QUE HÉLIO É O CANDIDATO DA BASE
CIRO DIZ QUE HÉLIO É O CANDIDATO DA BASE