Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DISCORDÂNCIA
DUDU DEFENDE CHAPÃO E MANDA RECADO A ASSIS: “O PT NÃO TEM DONO”

VEREADOR AFIRMA QUE PARTIDO NÃO PODE TER SALTO ALTO, DESTACA IMPORTÂNCIA DE ALIADOS E DEFENDE FORMAÇÃO DE CHAPÃO

10/05/2018 12:24 - Atualizado em 10/05/2018 12:46

Petista não quer autoritarismo no partido (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O vereador Dudu é um dos poucos petistas que são contra a ideia do partido sair numa chapa pura para a disputa proporcional nas eleições deste ano. Em entrevista ao Política Dinâmica nesta quinta-feira (10), ele alertou que é preciso pensar no projeto de reeleição do governador Wellington Dias. O parlamentar lembra que partidos como MDB e Progressistas têm sido fundamentais para ajudar o governador na administração estadual e por isso é necessário dialogar com respeito, sem imposição ou autoritarismo. 

"Não é porque o governador está bem posicionado nas pesquisas, e pesquisa é um momento, uma fotografia que muda rapidamente como uma nuvem, que a gente do PT vai ter salto alto para dizer que queremos tudo. Não! Temos que ter a humildade de discutir com todos os líderes e todos os partidos, com pezinho no chão, vendo onde é possível ceder, pois todos têm que ceder numa conjuntura dessa. O Piauí não está passando essa travessia só por obra e graça do governador e do PT não. Só é possível passar pelo que estamos passando, e diga-se, com muita dificuldade, porque tem PP, MDB, PDT, PTC e um conjunto de partidos que dão sustentação a esse projeto. E é nele que nós temos que pensar", falou.

Dudu ainda afirmou que o PT não tem dono e que uma decisão importante como essa será tomada em reunião com todos os delegados do partido, não podendo ser apenas na base da imposição de um único líder petista. O presidente estadual do PT, deputado federal Assis Carvalho, tem afirmado que o partido não abre mão de sair com chapa pura e rechaçado alianças. Nos dias 18 e 19 deste mês, os membros da sigla vão se reunir para tratar do tema. Nos bastidores, sabe-se que a maioria defende a chapa pura.

Vereador defende união com outros partidos (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"No PT temos uma vantagem: nós não temos um dono. Para mim, que sou um dos fundadores, a maior liderança da história do Brasil e um dos maiores líderes do mundo é o Lula e nem ele manda no partido. Aqui no Piauí o maior líder é o Wellington Dias e ele não manda no partido. Como também o Assis, o Dudu, o A, o B e o C. O encontro de táticas e estratégias eleitorais do PT vai acontecer nos dias 18 e 19 e é nesse encontro que o PT vai definir sua tática. São 250 delegados eleitos pela base do partido que vão discutir", avisou.

O vereador cobrou humildade, inteligência e sapiência do PT para a tomada dessa decisão. "Na política, e no PT não é diferente, tudo é fruto de negociação e conversação. Jamais de imposição, de autoritarismo e de achar que um no PT é maior do que outro ou detém o poder mais do que outro. No PT não tem isso. Por isso que eu continuo no partido e vou disputar o PT até os últimos dias da minha vida aqui na terra", encerrou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ENCONTRO
MARDEN E TERESA CALIBRAM OPOSIÇÃO PARA 2019
MARDEN E TERESA CALIBRAM OPOSIÇÃO PARA 2019
SOLENIDADE
O 17 PROIBIDO
O 17 PROIBIDO
PARLAMENTO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
ALEPI TEVE IRMÃOS DEPUTADOS AO MESMO TEMPO
VOTAÇÃO
FARTO NA FARTURA
FARTO NA FARTURA