Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DIREÇÃO DA FMS DIZ QUE ESTÁ À DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES

ÓRGÃO AFIRMA QUE TODAS AS MEDIDAS FORAM ADOTADAS COM BASE NAS CIRCUNSTÂNCIAS VIVIDAS EM TODO O MUNDO DURANTE A PANDEMIA

02/09/2020 12:59 - Atualizado em 02/09/2020 13:15

Fundação é alvo de investigação da PF (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A direção da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) divulgou nota sobre a operação da Polícia Federal que apura fraudes em contratos emergenciais da saúde com duas empresas. A ação da PF, batizada de Operação Caligo, foi deflagrada nesta quarta-feira (2) e cumpriu mandados de busca e apreensão na FMS e em endereços ligados a duas empresas.

Na nota, a FMS disse que está à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários e colaborar com as investigações em curso. 

Confira a nota na íntegra:

A direção da Fundação Municipal de Saúde informa que está à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários e pronta para colaborar com o processo investigativo. Ressalta também que todas as medidas foram adotadas com base nas circunstâncias vividas em todo mundo durante a pandemia, sempre com o compromisso de preservação do interesse público e da vida dos teresinenses.

Comente!

ANTERIOR

PIABAS DO RABO SECO

PRÓXIMA

CONDENAÇÃO DE JOICE É ALENTO PARA A BOA POLÍTICA