Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DEPUTADO COBRA PRESSA NO SOCORRO A ESTADOS E MUNICÍPIOS

FLÁVIO NOGUEIRA DIZ QUE EXISTE ENROLAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL NA SANÇÃO DO PROJETO QUE ASSEGURA AUXÍLIO A ESTADOS E MUNICÍPIOS

08/05/2020 12:22 - Atualizado em 08/05/2020 12:56

Flávio estranha falta de pressa do Governo (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT) defende que o socorro financeiro a estados e municípios seja sancionado o mais rapidamente possível. O auxílio foi aprovado na Câmara e no Senado esta semana e aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Ao todo, serão R$ 125 bilhões aos estados e municípios para enfrentamento à crise da Covid-19. Os recursos também vão servir para aliviar o caixa e colaborar com governadores e prefeitos na solução dos compromissos da administração pública. O Piauí vai receber R$ 500 milhões. 

Para Flávio Nogueira, o projeto de lei complementar que assegura o socorro financeiro precisa ser sancionado logo, sob pena de prefeitos e governadores ficarem impossibilitados de honrar compromissos e garantir as condições necessárias para o enfrentamento da crise.

"Queremos pressa, senão o pagamento do servidor público não vai ser feito e isso não será culpa de nenhum governador ou prefeito. Por que tamanha enrolação? Eu não entendo porque está demorando tanto esse socorro. Esse dinheiro não é do Governo Federal, é do povo brasileiro, de todos os estados, de todos os municípios", afirmou.

Segundo o deputado, é necessário que as bancadas de cada Estado se unam para exigir pressa na sanção do socorro financeiro. "Nesse momento angustiante da vida de cada estado, principalmente aqui da região Nordeste, esse socorro deve chegar com a máxima urgência possível. Já deveria ter chegado ontem", finalizou o parlamentar.

Notícias relacionadas
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO
TEMPOS DE BELIGERÂNCIA
TEMPOS DE BELIGERÂNCIA
ADVERSÁRIOS REPUDIAM ATO CONTRA FIRMINO FILHO
ADVERSÁRIOS REPUDIAM ATO CONTRA FIRMINO FILHO
"ATITUDE VIL E COVARDE", DESABAFA FIRMINO