Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CIRO NOGUEIRA NÃO COMENTA SAÍDA DE MORO

SENADOR PIAUIENSE NEGOCIA INDICAÇÃO PARA COMANDO DE ÓRGÃOS NO GOVERNO DE JAIR BOLSONARO E PRESIDE O MAIOR PARTIDO DO CENTRÃO

24/04/2020 22:07 - Atualizado em 24/04/2020 22:15

Ciro evita comentar saída de Sérgio Moro (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, não quis comentar a saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Tão logo Moro anunciou sua saída na manhã desta sexta-feira (24), o Política Dinâmica pediu ao senador uma posição dele sobre o assunto. No entanto, Ciro não respondeu às mensagens.

Ao longo do dia, vários políticos de todo o país se manifestaram sobre o anúncio de Moro, muitos deles presidentes de partidos. Apesar de comandar uma das maiores agremiações partidárias do Brasil, o senador piauiense não falou nada sobre a saída de Moro do governo.

Ciro esteve este mês com Bolsonaro (Foto: Marcos Correa/Presidência da República)

Ciro Nogueira se reuniu há alguns dias com o presidente Jair Bolsonaro. No encontro, eles discutiram a ida do Progressistas para o governo, onde o partido indicará nomes para o comando de órgãos federais. O Progressistas é o maior partido do Centrão, grupo que Bolsonaro quer atrair para tentar ampliar sua bancada de apoio no Congresso.

Quando ainda era juiz federal, Sérgio Moro colocou na cadeia alguns integrantes do Progressistas. O partido tem o maior número de investigados na Lava Jato. O próprio Ciro Nogueira é alvo de investigações da Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato.

Comente!

ANTERIOR

SENADORES VIBRAM COM NOME DE KASSIO PARA O STF

PRÓXIMA

IMPRENSA DIZ QUE PIAUIENSE É O ESCOLHIDO DE BOLSONARO PARA O STF