Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CANDIDATO PERDE ELEIÇÕES SEGUIDAS PARA PREFEITO DESDE 1996 NO PIAUÍ

FILIADO AO PT, POLÍTICO SOFREU SEIS DERROTAS CONSECUTIVAS E TENTA QUEBRAR SEQUÊNCIA NEGATIVA NAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE 2020

22/10/2020 14:30 - Atualizado em 22/10/2020 15:01

Bernardo tenta mais uma vez ser prefeito de Morro do Chapéu (Foto: Reprodução/Facebook)

Persistência. Essa é uma qualidade que não falta ao petista Bernardo Sirqueira, que disputa a prefeitura de Morro do Chapéu do Piauí, na região Norte do Estado, a 210 km de Teresina. Nas eleições deste ano, ele tenta pela sétima vez seguida chegar ao cargo de prefeito.

Bernardo disputou todas as eleições para prefeito desde a emancipação do município e perdeu todas. São seis derrotas seguidas desde as eleições municipais de 1996. 

E se engana quem pensa que ele é um candidato fraco, daqueles que só entram para figurar na disputa eleitoral. Pelo contrário. Quase todas as derrotas de Bernardo foram apertadas, por uma margem bem pequena de votos e em disputas acirradas. 

Na primeira derrota, em 1996, a diferença foi de apenas 24 votos. Ele teve 751 votos, mas viu a adversária Marilda Rebelo Sales (MDB) alcançar 775 votos. Foi por pouco.

Em 2000, ele enfrentou novamente Marilda, que disputou a reeleição. Perdeu por apenas 100 votos de diferença. Ela teve 1.590 votos e Bernardo conseguiu 1.490.

Petista histórico na região, ele é aliado do governador W.Dias (Foto: Reprodução/Facebook)

A terceira tentativa de chegar ao cargo de prefeito ocorreu nas eleições municipais de 2004. Naquele ano, Bernardo perdeu para Lucídio Fortes Rebêlo (MDB) por uma diferença de 87 votos. O vencedor teve 1.930 votos e Bernardo ficou em segundo lugar com 1.843 votos.

A derrota com maior diferença de votos aconteceu em 2008. Naquele ano, Bernardo perdeu para o então prefeito Lucídio, que tentava a reeleição, por uma diferença de 423 votos. Ali ele viu cair por terra a quarta tentativa de se tornar prefeito do município.

Apesar dos quatro reveses, o petista não desistiu. Em 2012 entrou na quinta eleição para prefeito. O resultado? Perdeu novamente para Marilda Rebêlo, que já havia lhe derrotado nas campanhas de 1996 e de 2000. A diferença foi de 372 votos.

Em 2016 foi a sexta tentativa de Bernardo Sirqueira. Enfrentou o candidato Marcos Henrique (PSD) e terminou mais uma vez derrotado. A diferença foi de apenas 56 votos.

Bernardo é candidato a prefeito pela sétima vez (Foto: Reprodução/TSE)

Esse ano, a disputa de 2016 se repete. Bernardo enfrenta Marcos Henrique, que busca a reeleição para o cargo. Se o petista perder, será a sétima derrota seguida. Se ganhar, será uma vitória para lavar a alma após 24 anos amargando na oposição.

O Política Dinâmica, claro, vai noticiar o desfecho da disputa em Morro do Chapéu do Piauí.

Comente!

ANTERIOR

ELEITO, ISMAEL SILVA VOLTA ÀS RUAS PARA ARRANCAR CARTAZES

PRÓXIMA

“ATÉ TU, SEBIM?”