Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
ASSIS SOBRE LULA E O PAPA: “O FASCISMO FICA DESESPERADO”

DEPUTADO FEDERAL PIAUIENSE COMENTA AGENDA DO EX-PRESIDENTE LULA COM O PAPA FRANCISCO E PROVOCA O JAIR BOLSONARO

08/02/2020 11:20 - Atualizado em 08/02/2020 11:36

Assis celebra encontra de Lula e o Papa (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal Assis Carvalho (PT) comemora a agenda do ex-presidente Lula com o Papa Francisco. O encontro dos dois líderes está previsto para o próximo dia 13 no Vaticano.

Na avaliação de Assis, o fato de Lula ser recebido pelo papa deixa o fascismo desesperado. O deputado destacou que não é qualquer um que tem moral para ser recebido pelo pontífice.

"Foi solicitada uma agenda e, por incrível que pareça, dentro de uma semana o papa liberou. Ele não libera pra ninguém porque agenda do papa é agenda do papa. É pra você ver o grau de importância do presidente Lula. Isso deixa o fascismo desesperado.", falou.

Assis disse que a prioridade do PT no momento é o encontro de Lula e Francisco. Ele ainda alfinetou e disse que o presidente Bolsonaro dificilmente conseguiria agenda com o papa.

"Vai lá o presidente do Brasil pedir uma agenda pra ver se ele consegue. Não consegue e o Lula consegue. Isso deixa eles em polvorosa", comentou o deputado esbanjando alegria.

VINDA AO PIAUÍ

Conforme Assis Carvalho, tão logo o ex-presidente retorne dessa agenda internacional, o PT deverá organizar a agenda de viagens dele pelo Brasil. Os petistas piauienses aguardam a vinda de Lula ao Piauí nos próximos meses. Um dos objetivos da vinda dele ao Estado é reforçar a pré-campanha do deputado estadual Fábio Novo (PT) a prefeito de Teresina.

Notícias relacionadas
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR