Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
ALIADOS CELEBRAM VOLTA DE EVALDO À BASE

LIDERANÇAS LIGADAS AO DEPUTADO APROVAM ENTENDIMENTO COM O GOVERNADOR WELLINGTON DIAS E AVALIAM QUE RETORNO À BASE É ALGO NATURAL

31/05/2019 14:24 - Atualizado em 31/05/2019 15:07

Henrique Rebêllo diz que partido pode ajudar (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

Lideranças ligadas ao deputado estadual Evaldo Gomes (Solidariedade) viram com bons olhos o retorno dele à base aliada do governador Wellington Dias (PT). Foram 10 meses de afastamento entre eles, desde que Evaldo rompeu com o governo no final de julho de 2018.

O ex-deputado estadual Henrique Rebêllo, que não conseguiu se eleger nas últimas eleições, disse que o Solidariedade tem muito a contribuir com o governo. Filiado ao partido de Evaldo, Henrique também deve se reaproximar do governador com a ida do partido para a base.

"Avalio como positivo [o retorno à base], pois acredito que o partido tem muito a contribuir com a gestão pública estadual", comentou Henrique em contato com o Política Dinâmica.

Na Câmara Municipal, o vereador Gustavo Gaioso também celebrou a volta do grupo à base governista. Ele lembrou que o afastamento em 2018 se deu por uma questão política e não administrativa. Por conta disso, o retorno 10 meses depois foi visto como natural.

"O deputado Evaldo, do nosso partido, fazia parte da base do governador e por uma questão política e não administrativa, no momento da eleição, nós decidimos tomar outro rumo, já que a base do governador era bem ampla e não houve entendimento com nosso partido", falou.

Vereador Gustavo Gaioso segue Evaldo Gomes (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Gaioso ponderou que, pelo fato do grupo não ter votado no governador, o retorno ocorre sem que nenhuma exigência por espaços tenha sido feita, cabendo ao governador decidir ou não se privilegia a legenda com cargos na estrutura administrativa do Estado.

"Vamos aguardar. Essa é uma decisão que cabe ao governador. Ele, tão logo decida, deverá comunicar. Acredito que ele pode sim abrir algum espaço para o Solidariedade. Vamos compor a base do governador, mas estamos bem tranquilos com relação a esses espaços. Cabe ao governador decidir ou não se dará espaços para o nosso partido", finalizou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
“NÃO ME ASSOCIO A QUADRILHAS”
“NÃO ME ASSOCIO A QUADRILHAS”
BANDIDAGEM E PISTOLAGEM
BANDIDAGEM E PISTOLAGEM
CIRO COMPARTILHA POSTAGEM DE BOLSONARO
CIRO COMPARTILHA POSTAGEM DE BOLSONARO
NÃO SE GANHA PERDENDO
NÃO SE GANHA PERDENDO