Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
ADAPI VELADA PELA FUNERÁRIA “PAX DIAS”

SERVIDORES DA ADAPI PROTESTAM EM FRENTE À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO PIAUÍ, DENUNCIAM CRISE NO ÓRGÃO E SIMULAM CORTEJO FÚNEBRE

26/08/2019 14:36 - Atualizado em 26/08/2019 15:06

Protesto com caixão em frente à Assembleia (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) fizeram um protesto nesta segunda-feira (26) em Teresina. Eles denunciam a situação precária em que o órgão se encontra no Estado e cobram providências do governador Wellington Dias (PT). O protesto passou em frente à Assembleia Legislativa e seguiu em direção ao Palácio de Karnak.

Na manifestação, um dos carros levava um caixão simbolizando o cortejo fúnebre da Adapi. O veículo ainda continha adesivo com o nome "Funerária Pax Dias", em alusão ao governador. Protestos também estavam previstos para acontecer nesta segunda em outras cidades.

Protesto ironizou a gestão de Wellington Dias (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Os servidores reivindicam melhores condições de trabalho, pagamento de diárias e horas extras, veículos para deslocamentos em fiscalizações de defesa, estruturação das unidades da Adapi na capital e no interior e uma série de outras melhorias na pasta. A situação da Adapi também tem sido denunciada pela oposição na Assembleia Legislativa.

Servidores fizeram cortejo e buzinaço na Alepi (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A reportagem do Política Dinâmica procurou a direção da Adapi para comentar sobre as manifestações dos servidores, mas até a publicação da matéria não houve retorno.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
GOVERNO PROMETE A LISTA
GOVERNO PROMETE A LISTA
PRB COGITA NOME DE SILAS FREIRE PARA PREFEITO
PRB COGITA NOME DE SILAS FREIRE PARA PREFEITO
SUBSERVIÊNCIA E OBEDIÊNCIA
SUBSERVIÊNCIA E OBEDIÊNCIA
ISADORA CORTEZ ALEGA SER VÍTIMA DE FAKE NEWS
ISADORA CORTEZ ALEGA SER VÍTIMA DE FAKE NEWS