Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
A TRAGÉDIA EVIDENCIA O DESCASO

IML DO PIAUÍ TEVE QUE MANDAR CORPO DE CRIANÇA PARA FAZER TOMOGRAFIA EM CAXIAS, NO MARANHÃO, POIS O TOMÓGRAFO DO ÓRGÃO ESTAVA SEM FUNCIONAR

01/09/2020 19:48 - Atualizado em 01/09/2020 20:05

IML do Piauí mandou corpo para procedimento em Caxias-MA (Foto: Reprodução/G1 Piauí)

A Segurança Pública do Piauí sofre com descaso e negligência administrativa há muito tempo. A última prova disso foi verificada esta semana no Instituto Médico Legal (IML) de Teresina.

Na segunda-feira (31), a morte de um bebê de apenas dois meses mordido na cabeça por um cachorro da própria família chocou a capital. O acontecimento trágico, ocorrido no bairro Vila Irmã Dulce, na Zona Sul de Teresina, ainda revelou um descaso do Poder Público.

O corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal. Para acabar com qualquer dúvida sobre a possibilidade de lesões anteriores à mordida do cachorro, o delegado pediu uma tomografia no corpo do bebê, mas o tomógrafo do IML não estava funcionando.

Parece mentira, mas não é. O tomógrafo do IML da capital estava sem funcionar. O corpo da criança teve que ser levado para Caxias, no interior do Maranhão. A situação provocou uma demora ainda maior na liberação do corpo, gerando mais sofrimento e dor para a família. 

O problema foi mostrado nos telejornais da TV Clube, afiliada da Rede Globo no Piauí. A emissora pediu esclarecimentos à Secretaria de Segurança Pública sobre o não funcionamento do tomógrafo do IML, mas a pasta não deu respostas até a exibição da reportagem.

Rubens Pereira e Abreu, os homens da Secretaria de Segurança (Fotos: Reprodução/SSP-PI)

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí foi comandada até junho deste ano pelo deputado federal capitão Fábio Abreu (PL). Ele deixou a pasta para disputar a Prefeitura de Teresina, mas indicou um aliado, o coronel Rubens Pereira, para gerir a secretaria.

Apesar da propaganda bonita da Segurança Pública e dos políticos que fazem campanha eleitoral se valendo dela, a falta de funcionamento do tomógrafo do IML mostra que a realidade é feia, muito feia. Basta uma tragédia para evidenciar os descasos.

Comente!

ANTERIOR

QUASE 70% DOS PREFEITOS PODEM TENTAR REELEIÇÃO NO PIAUÍ

PRÓXIMA

MAIS DA METADE DOS GOVERNADORES JÁ TEVE COVID-19