Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
O FILHO VOTA NÃO, A MÃE VOTA SIM

SENADORA CONTRARIA PARTIDO E VOTA A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA. ENQUANTO ISSO, O FILHO DELA, TAMBÉM SENADOR, VOTOU CONTRA

03/10/2019 13:20 - Atualizado em 03/10/2019 13:37

Mãe e filho divergiram na votação da reforma da Previdência (Fotos: Agência Senado)

Um fato inusitado chamou atenção na votação da Reforma da Previdência na noite da quarta-feira (2) no Senado Federal. A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) contrariou a orientação do partido e votou a favor do projeto. Já o filho dela, senador Irajá (PSD-TO), votou contra.

O texto base da reforma foi aprovado com 65 votos favoráveis e 19 contrários. O voto favorável da senadora Kátia Abreu é um dos que mais têm repercutido, já que o PDT vem fazendo retaliações aos deputados que contrariaram a orientação do partido na votação na Câmara.

Após a votação, Kátia afirmou que não tem medo de retaliação, disse que respeita o PDT, mas que votou de acordo com a própria consciência. Já o filho Irajá alega que ficou ao lado dos trabalhadores ao votar contra. Para ele, a reforma sacrifica famílias de baixa renda.

SENADOR MAIS NOVO DA HISTÓRIA

Filho de Kátia Abreu, Irajá se elegeu senador em 2018, sendo o mais novo político da história do Brasil a se eleger senador, com 35 anos, idade mínima para ser candidato ao cargo. Antes de chegar ao Senado, ele foi deputado federal por dois mandatos consecutivos.

ANTERIOR

MARGARETE COELHO FICA COM WELLINGTON DIAS

PRÓXIMA

SOBRINHO DE WILSON CRITICA WELLINGTON E DEFENDE CIRO GOVERNADOR