NOTÍCIAS

UM PARTIDO PARA CHAMAR DE SEU

CIRO NOGUEIRA ACREDITA QUE PRESIDENTE BOLSONARO ESTÁ PRÓXIMO DE SE FILIAR AO PROGRESSISTAS

27/09/2021 10:55

O ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), disse acreditar que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), deve se filiar ao Progressistas para concorrer a reeleição nas eleições de 2022. “Hoje o partido mais perto do presidente se filiar eu acho que é o Progressistas", escreveu Ciro ao Broadcast Político no sábado, 25.

Ciro Nogueira (PP) e Jair Bolsonaro (sem partido).

Pela legislação eleitoral, o presidente e toda pessoa que pretenda se candidatar para as eleições de 2022 tem até abril deste mesmo ano para se filiar a algum partido político. Bolsonaro está sem nenhuma sigla desde novembro de 2019 quando deixou o PSL, partido pelo qual se elegeu em 2018. Desde então, o presidente já “conversou e esteve próximo a se filiar em pelo menos nove partidos, porém, não fechou ainda com ninguém.

A última dessas tentativas foi com o Patriotas, tendo inclusive o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, se filiado a sigla para “abrir os caminhos” para chegada do pai. Porém, nem todos os membros do partido aceitaram entregar de “mão beijada” a sigla para Bolsonaro que tem algumas exigências como garantir o total comando do partido tanto nacionalmente quanto nos estados.

Mais recente, em entrevista à revista Veja, em entrevista à revista Veja, Bolsonaro disse que não irá fugir de estar no Progressistas, no PL ou no Republicanos. "Não vou fugir de estar com esses partidos, conversando com eles. O PTB ofereceu pra mim também”, ressaltou o chefe do executivo nacional.

Caso se filie ao Progressistas (PP), Bolsonaro poderá fortificar alianças importantes, tendo em vista que além de ter como presidente do partido o ministro Ciro Nogueira, a sigla ainda detém a presidência da Câmara com o deputado Artur Lira (PP) e o líder do governo no Congresso, o deputado Ricardo Barros (PP). Além disso, quando ainda era parlamentar, Jair Bolsonaro passou 10 anos filiado ao PP. 

Com informações do O Estado de S. Paulo


Comente